EuropaInglaterraLiga Europa

Swansea terá adversário com história na Liga Europa

As primeiras fases da Liga Europa costumam reunir jogos com times pouco conhecidos do grande público, mas com muitas histórias e sonhos. Um dos confrontos mais interessantes da segunda fase preliminar da competição irá envolver o galês Swansea, que joga a Premier League inglesa, e já tem adversário definido. E tem tudo para ser um confronto interessante, contra um time que tem história, ainda que não tenha uma grande força. Os galeses terão pela frente o vencedor de Malmö, da Suécia, e Hibernian, da Escócia.

O Malmö já teve grandes momentos. Na temporada 1978/79, o time foi vice-campeão europeu, perdendo a final para o Nottingham Forest, de Brian Clough. Mas como os ingleses abriram mão de disputar o Mundial de Clubes, reclamando da violência e do tratamento que os europeus sofriam na América do Sul, os suecos foram os representantes da Uefa no confronto com o Olimpia, do Paraguai, atual finalista da Libertadores. Os paraguaios venceram os dois jogos e se sagraram campeões mundiais.

O Hibernian tem muito menos tradição em termos europeus, mas é um dos times tradicionais na Escócia. Está, claro, atrás de Celtic e Rangers, mas já conquistou o Campeonato Escocês quatro vezes, mas todas há mais de 50 anos. A última vez foi em 1952. A última glória do time foi a Copa da Liga Escocesa, em 2007. Os últimos dois anos, a equipe, que tem o tenista Andy Murray, atual campeão de Wimbledon, como torcedor, foi vice-campeão duas vezes da Copa da Escócia.

No primeiro jogo entre os dois times, na Suécia, o Malmö venceu por 2 a 0. A volta será na próxima semana, na Escócia. A tendência é que os suecos avancem, mas caso o Hibernian consiga reverter o resultado do jogo de ida, pode fazer um confronto britânico com o Swansea – o que certamente movimentaria os dois países ainda em uma fase preliminar da competição.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo