Eliminatórias da EurocopaInglaterra

Sterling sobre vaias a Joe Gomez: “É difícil ver meu companheiro ser vaiado por algo que é minha culpa”

A semana foi conturbada na Inglaterra. O jogo entre Liverpool e Manchester City acabou com vitória do primeiro por 3 a 1, e uma faísca desse jogo acabou incendiando a seleção inglesa. O atacante Raheem Sterling se desentendeu com Joe Gomez e atacou o defensor. Acabou afastado pelo técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, do jogo contra Montenegro, vencido pelos ingleses por 7 a 0. Só que Joe Gomez acabou vaiado quando entrou em campo no segundo tempo, o que deixou o jogador arrasado e gerou reação do próprio Sterling, que saiu em defesa do companheiro.

[foo_related_posts]

“A todos os torcedores da Inglaterra, eu queria deixar as coisas como estão, mas nesta noite eu tenho que falar novamente: foi difícil para mim ver meu companheiro de time ser vaiado por algo que foi minha culpa. Joe não fez nada de errado e para mim, ver alguém que mantém a cabeça baixa e trabalha duro, especialmente depois de uma semana difícil para ele, ser vaiado quando ele entrou nesta noite foi errado. Eu assumi completa responsabilidade e aceitei a consequência. Eu senti que tinha que falar isso. Voltem todos para casa em segurança”, escreveu o jogador.

“Eu estou imensamente decepcionado por Joe”, disse o técnico Gareth Southgate, depois do jogo. “Joe não fez nada de errado e nenhum jogador da Inglaterra deveria ser vaiado quando estão vestindo esta camisa. Todos os jogadores estão particularmente decepcionados com isso”.

Segundo apurou o jornal Telegraph, Southgate teve que consolar Joe Gómez na quinta à noite, junto com a família do jogador, que ficou arrasado com o que aconteceu. Ser vaiado pela própria torcida, em um dia que o time venceu por 7 a 0, é algo realmente que machuca. O jornal conta que os jogadores já ficaram incomodados quando ele começou a ser vaiado, ainda timidamente, quando foi se aquecer. A vaia maior veio quando entrou em campo, aos 25 minutos do segundo tempo.

Os jogadores ingleses ficaram surpresos e irritados com a postura da torcida diante de Gomez. A noiva do jogador, Tamara, estava no estádio de Wembley e levou o filho do casal, Kyrie, ainda um bebê, para o seu primeiro jogo da seleção inglesa. Havia outros membros da família do jogador, além de amigos. Foram eles que tentaram consolar o jogador, que estava arrasado depois do jogo.

Há um rumor que o grupo quer que Southgate escale Gomez desde o início do jogo contra Kosovo, neste domingo, na última rodada da Eliminatórias da Eurocopa. A Inglaterra já garantiu a classificação à competição com a vitória sobre Montenegro. Além dele, será a volta de Sterling também e os dois no time titular seria também simbólico para tentar amenizar o episódio.

Sterling pediu desculpas a Gomez e também ao técnico e companheiros, inclusive o capitão da Inglaterra, Jordan Henderson, que também é do Liverpool. Sterling teve uma postura bastante íntegra ao defender Gomez prontamente. Espera-se que na partida contra Kosovo haja mais demonstração de união dos jogadores, que apoiam o defensor diante dessa vaia considerada insensível e injusta pelo grupo.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.