Inglaterra

Relação com Mourinho estava desgastada, diz Chelsea

O técnico José Mourinho deixou o Chelsea porque sua relação com o clube estava desgastada, disse nesta quinta-feira o clube londrino. A notícia da saída do português chegou como um choque nas primeiras horas do dia. O israelense Avram Grant, ex-diretor de futebol, já foi anunciado como novo comandante.

Em carta aberta à torcida, publicada no site oficial, o Chelsea dá suas razões para a mudança no comando. “É justo que expliquemos as razões para a saída de Mourinho, e que reconheçamos sua imensa contribuição ao clube e ao futebol inglês”, diz o clube, que afirma ainda que a saída de Mourinho se deu “de comum acordo”.

“A expressão chave aqui é 'comum acordo'. José não pediu demissão e não foi demitido. O que está claro é que tínhamos chegado a um ponto em que a relação entre o clube e José havia se desgastado. Isso apesar de genuínas tentativas, ao longo de vários meses, por todas as partes, de resolver certas diferenças”, prossegue o texto.

“O motivo da decisão tomada foi termos acreditado que o desgaste havia começado a ter impacto no desempenho do time, e os resultados recentes apoiavam esta visão. Não queríamos que isso continuasse ou afetasse mais o clube”, conclui o Chelsea.

Em seis jogos na Premier League nesta temporada, o time já empatou dois e perdeu um. Em sua estréia na Liga dos Campeões, ficou em um decepcionante empate por 1 a 1 diante do Rosenborg, em Stamford Bridge.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo