Premier League

United confirma acerto por Lindelöf e abre as perspectivas para a próxima temporada

Durante meses, Victor Lindelöf figurou como a próxima grande venda a ser feita pelo Benfica. O zagueiro jovem e dono de enorme solidez na defesa encarnada tornou-se alvo de grandes clubes europeus, sobretudo do Manchester United. Que, enfim, anunciou um acerto com a diretoria benfiquista neste sábado. Os Red Devils não divulgaram os detalhes da negociação neste primeiro momento, embora as estimativas apontem para um custo de €35 milhões, mais bônus. Viajando com a seleção sueca, o defensor ainda precisará passar por exames médicos e assinar os termos pessoais. Apenas detalhes, até que seja oficialmente apresentado em Old Trafford.

VEJA TAMBÉM: Ibrahimovic e mais nove rostos conhecidos da Premier League que estão sem contrato

Lindelöf não deixa dúvidas de sua qualidade. O zagueiro foi uma excelente descoberta do Benfica, enquanto ainda militava no Västeras, da terceira divisão sueca. O jovem desembarcou em Lisboa durante a temporada 2012/13, ganhando rodagem com o time B. Já nas duas últimas temporadas, tornou-se uma peça-chave no elenco principal de Rui Vitória, combinando qualidade técnica, mobilidade e presença física. Essencial para o sucesso encarnado, perdeu apenas duas partidas na última campanha do Campeonato Português, assim como se destacou na Champions.

Além disso, Lindelöf também se firmou na seleção sueca desde as categorias de base. Passou pelo sub-17 e pelo sub-19, até viver os seus melhores momentos com o sub-21, campeão europeu da categoria em 2015. Protagonista na equipe, o zagueiro foi eleito para o time ideal da competição. Em 2016 ganhou suas primeiras chances no nível adulto, participando da Euro 2016. Atualmente, é visto como uma liderança natural dentro de um grupo que necessita da renovação urgente.

Já em Manchester, a princípio, Lindelöf vem para formar uma promissora dupla de zaga com Eric Bailly. Aos 23 anos, o marfinense precisou de pouco tempo para ser considerado o melhor defensor do elenco de José Mourinho. Ganha um companheiro de 22 anos, que o complementa pela funcionalidade. O potencial físico e técnico de ambos tende a valer bastante aos Red Devils, além de deixar o time menos dependente de jogadores abaixo do que já renderam, como Chris Smalling e Phil Jones. Marcos Rojo também se torna menos imprescindível, enquanto Daley Blind fica como uma opção múltipla, tanto para a zaga quanto para a lateral.

Obviamente, nada garante que Lindelöf irá fazer valer toda a fortuna que banca sua contratação. Outros tantos defensores citados acima não compensaram totalmente o negócio. Mas, por aquilo que já apresentou no Benfica, a aposta é mais do que pertinente. Um jogador não só para o presente, como também para o futuro. E que inicia a temporada de contratações dos mancunianos, que deve seguir a mesma linha, confiando em jovens de potencial. Novos nomes devem ser anunciados em breve, pensando no retorno do clube à Champions e em uma campanha mais competitiva na Premier League. O próximo passo para levar os Red Devils de volta ao topo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo