O Tottenham conseguiu uma vitória com autoridade e com autoridade sobre o Leeds por 3 a 0 e voltou a se aproximar dos líderes da Premier League, Liverpool e Manchester United. A equipe comandada por José Mourinho esteve sempre no comando do jogo, fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo e consolidou a vantagem no segundo. O time de Marcelo Bielsa teve a posse de bola, mas foi menos perigoso e viu os Spurs criarem as melhores chances no jogo, finalizarem mais e venceram com méritos. Poderia ter feito até mais gols, se aproveitasse melhor as chances.

LEIA TAMBÉM: Academia Uruguaia de Letras diz que punição a Cavani é “falta de conhecimento cultural e linguístico”

Mesmo jogando na casa do Tottenham, foi o Leeds que conseguiu começar a partida melhor. Nos primeiros 12 minutos, os visitantes finalizaram três vezes e tiveram chances de abrir o placar. Passados esses primeiros minutos, o time da casa se organizou em campo, conseguiu melhorar, equilibrar o jogo e começar a ser melhor.

O primeiro gol do jogo só saiu aos 29 minutos, quando o Leeds saiu jogando errado com o goleiro Ilan Meslier, os Spurs tomaram a bola e Steven Bergwijn recebeu dentro da área e foi derrubado. Pênalti. O lance ainda foi revisado pelo VAR, porque havia uma pequena dúvida se a falta tinha acontecido dentro da área. Confirmada a penalidade, Harry Kane cobrou e marcou 1 a 0.

O segundo gol saiu aos 43 minutos. Desta vez, Harry Kane fez o papel de armador. Recebeu pela direita e fez um passe preciso para dentro da área, onde encontrou o companheiro, Son. Ele tocou de primeira e marcou 2 a 0. Foi o placar do intervalo.

O Tottenham praticamente definiu o jogo já aos cinco minutos do segundo tempo. Desta vez, em uma cobrança de escanteio de Son e Alderweireld desviou de cabeça para ampliar o placar para 3 a 0.

Leeds tem a bola, Tottenham cria mais chances

O Leeds finalizava muito a gol, com 17 tentos em todo o jogo. O Tottenham, porém, finalizou mais, 20 vezes, e melhor, não só porque acertou mais o gol (7 a 5), mas principalmente pela qualidade das chances. O Leeds teve 65% de posse de bola, mas não conseguia trocar muitos passes no terço ofensivo do campo. Tanto que o Tottenham finalizou 14 das 20 vezes dentro da área, enquanto o Leeds finalizou 9 de 17.

Mesmo tendo mais a posse de bola, foi o Leeds também que tentou mais bolas longas. Foram 24 cruzamentos para a área, com apenas cinco deles certos, enquanto o Tottenham cruzou apenas oito ao longo de todo o jogo, com quatro deles certos.

A vitória leva o Tottenham a 29 pontos, quatro pontos atrás de Liverpool e Manchester United, com o mesmo número de jogos (veja classificação abaixo). O Leeds, por sua vez, está em 11º, com 23 pontos em 17 jogos.

Standings provided by SofaScore LiveScore