Premier League

Tottenham vive uma seca de zagueiros que faz Postecoglou arrancar os cabelos

Entre suspensões e lesões, Tottenham sente falta de mais zagueiros no elenco e Postecoglou pode ir ao mercado suprir necessidades

Ange Postecoglou vive uma dor de cabeça no Tottenham e quer usar a próxima janela de transferências, que acontece em janeiro de 2024, para tentar resolver seus problemas. E todos eles apontam para um setor, hoje bastante carente, dos Spurs: a zaga. Uma série de lesões faz com que qualquer suspensão obrigue o treinador a improvisar e, por isso, ele quer ir às compras atrás de um zagueiro o quanto antes. Isso que, hoje, o time não disputa competições europeias e foca seus esforços basicamente na Premier League.

Atualmente o Tottenham conta com três zagueiros machucados, sendo dois deles essenciais na rotação de Postecoglou: Micky van de ven e Eric Dier, sendo o terceiro o jovem Ashley Philips, de apenas 18 anos e que chegou na última janela de transferências vindo do Blackburn Rovers. Cristian Romero, o zagueiro que sobrou com saúde, cumpriu recentemente uma das várias suspensões que o afetam.

Não a toa, o lateral Ben Davies acabou sendo utilizado pelo treinador na zaga na vitória por 4 a 1 diante do Newcastle no último final de semana. Postecoglou aprovou a atuação do atleta improvisado, mas fez questão de destacar exatamente isso: trata-se de um jogador que não atuou em sua posição original e, no médio e longo prazo, isso pode ser bastante prejudicial ao Tottenham.

— Precisamos estar cientes de que ele [Ben Davies] não é um zagueiro central e está se desenvolvendo nesse papel. No final das contas, precisamos contratar outro zagueiro central, pois no momento estamos apreensivos caso algo mais aconteça — afirmou Postecoglou ao comentar a situação de seus zagueiros.

Apesar dos problemas com zagueiros e da consciência de que deverá ir ao mercado para suprir a carência na posição, o treinador não comentou nenhum nome em específico e nem o deverá fazer até que a janela abra.

Romero volta, mas Postecoglou está preocupado com ele

Para o jogo desta sexta-feira (15), diante do Nottingham Forest, Postecoglou vai ter Romero de volta após cumprir suspensão. O modo como seu zagueiro entra forte nas jogadas, no entanto, preocupa o treinador, que acredita que ele estará no centro das atenções em todas as partidas do Tottenham por conta de seu comportamento recente, bastante criticado e considerado violento na Inglaterra.

— Ele [Romero] tem de estar ciente de que qualquer entrada mais dura, seja algo mais evidente como o jogo contra o Chelsea ou como na semana passada [diante do Newcastle], que eu achei que foi mais desajeitado do que qualquer outra coisa, estará mais evidente para arbitragem, que vai olhar mais para os lances dele. Ele sabe disso, entende isso. Ele só precisa fazer os ajustes necessários durante o jogo, mas não acho que seja um tema para conversas longas. É bastante evidente o impacto que ele tem no time quando está jogando e quando não está, e preferimos muito tê-lo em campo — concluiu o treinador.

O que assusta Postecoglou, com razão, é o tempo que Romero ficaria suspenso em caso de nova expulsão direta. Por já ter levado um cartão vermelho na atual edição da Premier League, ele simplesmente teria de enfrentar uma suspensão de quatro jogos em caso de repetição. No momento, o Tottenham não pode sequer sonhar com isso.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo