Premier League
Tendência

Thiago Silva no Fluminense? Ainda não: “Só não fico aqui se o Chelsea não me quiser”

Aos 38 anos, Thiago Silva completará 39 atuando pelo Chelsea, com quem tem contrato até 2024 e não há motivo para o clube não o querer até lá

Mesmo com a temporada caótica que o Chelsea faz, Thiago Silva é um destaque positivo. Aos 38 anos, o jogador se tornou tão importante que o clube renovou o seu contrato até junho de 2024. Antes, o seu vínculo terminava em junho de 2023. O brasileiro conquistou os companheiros, a torcida e se tornou um pilar do time. As especulações sobre uma possível volta ao Fluminense, porém, estão quentes. O próprio jogador tratou de amenizar isso. Ele só sai do clube se não o quiserem por lá, o que, honestamente, não parece ser o caso.

Tanto que no empate com o Nottingham Forest por 2 a 2 neste sábado, em Stamford Bridge, foram feitas homenagens pela torcida ao jogador. Uma das faixas mostrava Thiago Silva com uma bandeira do Brasil no fundo. Outra tinha o zagueiro com a taça da Champions League e dizia: “Ele veio do PSG para ganhar a Champions League”. Em sua primeira temporada no clube, ele conquistou o título em uma final contra o badalado Manchester City, em 2021.

“Eu tenho um contrato aqui. É até estranho, porque vem saindo bastante coisa e acaba que o torcedor, apaixonado, uns até me xingam na rede social, outros falam ‘vem logo’, alguns falam ‘se não vier agora, não vem mais’. Fica até chato para mim”, disse o zagueiro em entrevista ao repórter João Castelo Branco, da ESPN.

“Eu renovei com o Chelsea tem dois meses. Sempre cumpri meus contratos. Só não fico aqui se o Chelsea não me quiser para o ano que vem ou se o novo treinador chegar e não quiser que eu permaneça. De resto, vou procurar cumprir o meu contrato como tenho assinado até o ano que vem. E no ano que vem a gente a gente vê o que realmente pode fazer”, continuou.

O jogador foi perguntado se acompanha o Fluminense, que vive uma grande fase no Brasil. “Eu sempre acompanhei o Fluminense desde que a minha saída. Sempre tive muito próximo, todas as vezes que estou de férias vou lá, faço meus treinos, tenho vários amigos ali dentro. Inclusive muitas mensagens chegando de ‘Volta logo, volta logo’”, ri o jogador.

“Realmente fica uma ansiedade grande para eles, principalmente quando vem saindo muita coisa assim, mas em verdade, por vezes eu até falei com a minha esposa que até eu fiquei confuso, não sei que reunião é essa foi feita, que tá próximo da volta, próximo do acerto. Não tem nada. Conversei com o Mário [Bittencourt, presidente do Fluminense], em janeiro se não me engano, Mário, Marcão [auxiliar permanente do Fluminense] e Fred [ex-jogador e atual diretor do Fluminense]”.

“Falei da minha posição, do meu desejo, e após aquela reunião eu assinei com o Chelsea, inclusive naquela reunião foi falado justamente isso. E após mais esse um ano de extensão, ficaria aí o desejo, com certeza, de retornar, enfim, para poder acrescentar alguma coisa, não apenas para encerrar a carreira”.

Nesta temporada, Thiago Silva fez 33 jogos, sendo 31 deles como titular. Ele já tem 115 jogos com a camisa do Chelsea e, ficando mais uma temporada irá ultrapassar o número de jogos que ele fez pelo Milan, 119, onde também marcou o seu nome. Ele fez 315 jogos pelo PSG, clube onde passou mais tempo na carreira.

A única chance de Thiago Silva deixar o clube ao final desta temporada, como citado por ele, é o novo técnico não o querer em Stamford Bridge. Tudo indica que o novo técnico será Mauricio Pochettino, ex-Tottenham e PSG. Curiosamente, não trabalhou com o zagueiro no PSG, já que ele já havia saído. De qualquer forma, parece improvável que o técnico abra mão da qualidade e experiência do zagueiro com um elenco cheio de jovens.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo