Premier League

Os segredos do Liverpool que ajudaram Salah a bater a marca dos 200 gols por times ingleses

Com 198 gols pelo Liverpool e dois pelo Chelsea, Salah conta com ajuda do sistema tático e dos companheiros para marcar

Mohamed Salah alcançou a marca de 200 gols jogando na Inglaterra na última rodada da Premier League, quando marcou dois na vitória do Liverpool diante do Brentford pelo placar de 3 x 0, resultado que manteve os Reds na 2ª colocação, um ponto atrás do Manchester City. A lenda do futebol egípcio alcançou a marca histórica em 351 partidas jogando na Terra da Rainha. Como “uma andorinha não faz verão”, ele conseguiu este feito graças a ajuda de seus companheiros e do esquema de jogo que tem potencializado o que o jogador tem de melhor, sua velocidade. O portal The Athletic fez uma análise minuciosa de todos os aspectos que envolvem o sucesso ofensivo de Mo Salah nos últimos anos, contados de forma mais didática neste artigo.

Um dos jogadores que mais contribuiu nesta temporada para que Mohamed Salah alcançasse a marca de 200 gols na Inglaterra foi o português Diogo Jota. Em um dos momentos mais emblemáticos da dupla, Jota deu três assistências ao egípcio, em um espaço de seis minutos na vitória do Liverpool diante do Rangers, ainda na fase de grupos da Champions League da última temporada. Na ocasião, o time inglês venceu na Escócia por 7 x 1, em jogo realizado no dia 12 de outubro de 2022.

Dos 30 aos 36 minutos da etapa complementar, Jota e Salah infernizaram a vida dos escoceses, que não conseguiram acompanhar a leveza, elegância, técnica e eficiência da dupla e mesmo jogando em casa. Sofreram uma pesada derrota para um dos times mais ofensivos do mundo. Um fato interessante sobre o entrosamento entre a dupla é que desde que chegou à Inglaterra em 2020, o português é o jogador que mais criou chances para o atacante. Com 31 ocasiões criadas, sejam em dribles ou passes, nenhum outro atleta contribuiu tanto com o craque da seleção do Egito, que além de muito habilidoso é letal quando o assunto é marcar gols.

Além de Jota, Darwin Nuñez cumpre papel importante para aumentar números de Salah

Outro jogador fundamental nesta temporada para fazer Salah marcar gols é Darwin Nuñez. Desde que chegou ao Liverpool em 2022, o atacante sul-americano contribuiu com nove assistências, todas para o egípcio. Em sua estreia diante do Fulham, o uruguaio saiu do banco de reservas para marcar o primeiro gol dos Reds, e depois assistiu seu companheiro no empate por 2 x 2, em jogo realizado em seis de agosto.

Se Diogo Jota é o companheiro que mais criou oportunidades para Salah marcar, quando o assunto é o passe, a marca é de Darwin Nuñez – foram 84 desde que chegou ao clube. Mohamed e Nuñez já acumulam 582 minutos jogando juntos na Premier League e precisam de pelo menos um tempo em campo, ou seja, 45 minutos para criar uma chance em conjunto. Esta é a maior taxa de criação de jogadas de uma dupla entre todos os 20 clubes da Premier League.

Tanto é que os números de Salah na temporada 2023/2024 continuam em alta e mais recordes devem ser quebrados pelo atacante até a metade do próximo ano. Até o momento, o craque da seleção do Egito já anotou 12 gols em 17 jogos.

Velocidade é a palavra-chave para criação de jogadas para Salah

Um dos pontos mais importantes na criação de jogadas no futebol moderno é a velocidade, principalmente na fase de transição defesa-ataque. Diogo Jota e Darwin Nuñez reconhecem que para auxiliar Salah na marcação dos gols é necessário que o time jogue em alta rotação e encontre o egípcio o mais rápido possível, para que o sistema de defesa não tenha condições de encaixá-lo e dessa forma, a bola chegue limpa para o artilheiro do Liverpool conseguir anotar seus gols.

Nos dois últimos jogos do clássico de Liverpool envolvendo os Reds e o Everton, o time de Salah levou a melhor, com dois resultados iguais, 2 x 0 para o time de Klopp, com o egípcio marcando três dos quatro gols. Parte dessa eficiência está na qualidade e inteligência do time em recuperar a bola e conseguir se armar rapidamente para encontrar Mohamed em condições para finalizar, com a defesa do adversário totalmente fora de posição.

As próximas duas imagens ilustram como a velocidade impacta diretamente na quantidade de gols que Salah marca pelo Liverpool. A simulação abaixo está relacionada ao jogo que aconteceu no dia 13 de fevereiro deste ano, pela 23ª rodada da Premier League da temporada passada. O Liverpool venceu pelo placar de 2 x 0 e o primeiro gol foi anotado por Salah, com passe do uruguaio. Na primeira imagem, o momento da recuperação de bola, que aconteceu aos 35m49s minutos, oito segundos mais tarde, com a defesa do Everton totalmente desarrumada, o egípcio recebe o passe do companheiro sul-americano totalmente livre para marcar.

Momento da roubada de bola na defesa do Liverpool, com Darwin Nuñez iniciando a jogada de velocidade para depois encontrar o companheiro livre. Foto: Trivela

 

Momento do passe de Darwin Nuñez para Mohamed Salah após oito segundo de contra-ataque para o egípcio abrir o placar. Foto: Trivela

Entrosamento é outro fator importante para sucesso de Salah no Liverpool

Conhecer seus companheiros dentro do futebol leva tempo, trabalhar o entrosamento do time é um dos aspectos mais pedidos pelos treinadores ao começar um projeto à frente de um clube. Além da qualidade e solidariedade de seus companheiros de ataque mais recentes, Salah também conta com um antigo companheiro de time para conseguir alcançar esta marca impressionante na Inglaterra. O brasileiro Alisson jogou com Mo na Roma e entende exatamente o que o egípcio precisa para receber a bola em condições de marcar.

O goleiro inclusive deu três assistências para o egípcio, ou seja, nenhum outro goleiro fez isso na história da Premier League. A reposição de bola inteligente e acima de tudo qualificada do arqueiro do Brasil é uma jogada muito ensaiada em treinos e fez a diferença em uma vitória dos Reds diante do Manchester United em 2020. Na primeira das imagens abaixo, Alisson recupera a posse da boa e olha para Salah, que faz um gesto com o corpo e se projeta à frente, é possível acompanhar o resultado da jogada no vídeo.

Neste primeiro frame, Salah faz um sinal para Alisson e logo projeta seu corpo para receber no ponto futuro. Foto: Reprodução LFCTV
Alisson entende o recado e manda a bola exatamente no local onde Mo pediu. Foto: Reprodução LFCTV.

A projeção para os próximos anos é de que Salah e consequentemente o Liverpool se mantenha na prateleira de cima do cenário europeu e internacional. Se aproveitando da entrega e disposição de um time leve, agressivo, ao melhor estilo Klopp, o egípcio tem tudo para aumentar sua marca e chegar aos 350 gols na carreira ainda este ano e se colocar como um dos maiores atacantes da história do continente africano e um ídolo eterno dos Reds.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo