Premier League
Tendência

Perto da despedida, Roberto Firmino sentiu todo o amor da torcida do Liverpool – mesmo fora de casa

O setor de visitante ecoou a música em homenagem ao brasileiro, durante o jogo e depois do apito final

Durante aproximadamente 10 minutos, a torcida do Liverpool que compareceu ao Estádio King Power, em Leicester, nesta segunda-feira, cantou em homenagem a Roberto Firmino, e não foi porque ele estava comendo a bola na vitória por 3 a 0 que mantém os Reds sonhando com vaga na Champions League. Firmino nem deve ter calçado chuteiras porque está afastado há um mês com um problema muscular. Não estava relacionado para a partida entre os reservas. Foi simplesmente porque a despedida está se aproximando e eles simplesmente amam o brasileiro.

O contrato de Firmino termina em junho de 2023 e não será renovado. Ele decidiu que chegou a hora de viver novas experiências, depois de oito anos defendendo o Liverpool, a maior parte deles como um dos integrantes de um histórico triunvirato ao lado de Mohamed Salah e Sadio Mané. O momento mais emocionante da turnê de despedida, especialmente se ele tiver condições de entrar em campo, será no próximo sábado contra o Aston Villa, o último jogo em Anfield nesta temporada.

Em Leicester, a torcida deu uma amostra do que Firmino pode esperar. Os cantos, ao ritmo de “Si señor”, sempre presentes mesmo quando o brasileiro não está em campo, ecoaram por cerca de 10 minutos no segundo tempo até Alexander-Arnold fechar o placar com um golaço. E no apito final, ele se dirigiu ao setor de visitantes para agradecer o carinho e foi novamente serenado pelos torcedores, além de festejado pelos companheiros. Uma cena de arrepiar.

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo