Premier League

O armador Harry Kane deu seu show na goleada do Tottenham sobre o Newcastle

Kane distribuiu lançamentos na quinta vitória do Tottenham nas últimas seis rodadas da Premier League

Um dos maiores artilheiros da história da Premier League e do futebol inglês, Harry Kane foi mais armador neste domingo, distribuindo lançamentos perfeitos para ajudar a construir a goleada do Tottenham por 5 a 1 sobre o Newcastle, que contou com o primeiro gol do brasileiro Emerson Royal pelos Spurs.

Os donos da casa chegaram a levar um susto no norte de Londres com um erro de Hugo Lloris na cobrança de falta de Fabian Schär que contribuiu para o Newcastle abrir o placar, mas empataram logo em seguida e deslancharam no segundo tempo para conseguir a goleada contra um adversário que vinha em boa forma, mas agora começa acumular mais derrotas.

Após seis vitórias e um empate, sequência importante para subir na tabela e se afastar da zona de rebaixamento, o Newcastle perdeu pela terceira vez seguida. Pelo menos, pode se consolar que foram três jogos fora de casa, dois deles teoricamente muito difíceis – além do Tottenham, o Chelsea. A situação na tabela ainda é relativamente confortável, a nove pontos do Watford, mas de olho no Burnley, na vice-lanterna com dois jogos a menos, com potencial de ficar a quatro do time de Eddie Howe.

O Tottenham teve um período de turbulência que levou o técnico Antonio Conte a dar declarações bombásticas na imprensa, mas conseguiu reencontrar o caminho, com sua quinta vitórias nas últimas seis rodadas, marcando 21 gols nesse período. Igualou os 54 pontos do Arsenal na briga pelo quarto lugar, mas os Gunners têm dois jogos a menos.

O domínio dos Spurs no primeiro tempo gerou poucas oportunidades, a maioria delas em chutes de média distância, como um de Kane para fora, uma cobrança de falta de Eric Dier e uma tentativa de Son, sem problemas para o goleiro Dúbravka. O Newcastle mal havia ameaçado quando Schär bateu falta colocada no canto de Lloris, que deixou a bola passar. O Tottenham respondeu rápido, com um desvio de cabeça de Davies.

E no segundo tempo, ficou à frente no placar também muito rapidamente, a partir de um cruzamento de Kane, que passou por Son e encontrou o mergulho de Matt Doherty na segunda trave. Seis minutos depois, Kane deu um lindo lançamento para acionar a arrancada de Kulusevski pela direita. Son dominou o cruzamento na região da marca do pênalti e bateu de canhota para fazer o terceiro.

A blitz do Tottenham continuou, com uma jogada de ala para ala. Doherty tabelou pela esquerda, entrou na área e cortou para a perna direita antes de cruzar. Emerson Royal se esticou, desviou com a ponta da chuteira e abriu sua contagem pelos Spurs. Son teve a chance de marcar o quinto com outro lindo lançamento de Kane, que cortou o gramado, mas o chute cruzado do sul-coreano tirou tinta da trave. Com assistência de Lucas Moura, Steven Bergwijn fechou o placar, aos 38 minutos do segundo tempo.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

[embedcode get="script" playlist_id="match"]
Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo