Premier League

Com recital de Rodri e Foden, City atropela Villa e segue na cola de líderes

Com hat-trick de Foden e (mais uma) atuação magistral de Rodri, Manchester City goleia Aston Villa no Etihad e se mantém firme na corrida pelo tetracampeonato inglês

Ao que tudo indica, a corrida pelo título da Premier League 2023/24 se arrastará até as últimas rodadas e seguirá tendo Liverpool, Arsenal e Manchester City como postulantes. Nesta quarta-feira (3), os Citizens fizeram o dever de casa e mantiveram-se firmes na briga pelo tetracampeonato inglês (consecutivo). Diante do bom time do Aston Villa, a equipe de Pep Guardiola goleou por 4 a 1 no Etihad Stadium e somou três pontos importantíssimos na tabela. Phil Foden (3x) e Rodri marcaram os gols da vitória, enquanto Jhon Durán descontou.

Com o triunfo, o City foi a 67 pontos. O clube de Manchester ocupa a terceira colocação da Premier League, atrás de Arsenal (68), que venceu o Luton Town nesta quarta-feira, e Liverpool (67), que ainda encara o lanterninha Sheffield United na rodada. O Aston Villa, por sua vez, precisa abrir o olho. Afinal, a equipe de Birmingham só não perdeu a vaga no G4 nesta rodada, pois o Tottenham (quinto lugar) empatou com o West Ham.

Com ajudinha de Zaniolo, Foden garante vantagem parcial do City

Mesmo com De Bruyne e Haaland no banco e Ollie Watkins fora de combate, o Manchester City x Aston Villa desta 31ª rodada não decepcionou. Muito pelo contrário. As duas equipes, cada uma no seu estilo e estratégia, protagonizaram duelo tático interessante e brindaram os amantes de Premier League com um bom enfrentamento no Etihad. Atuando em casa, o time de Pep Guardiola fez aquilo que já está acostumado: controlou a posse de bola e ditou o ritmo da partida. Coube a equipe de Unai Emery lidar com a blitz inicial sufocante dos Citizens.

Atordoado e nitidamente desconfortável em campo, o Villa não conseguia sair jogando. A pressão intensa do City comprometeu os planos dos visitantes, frustrou Unai Emery na área técnica e surtiu efeito logo aos 11′. Sempre arisco e corajoso com a bola no pé, Phil Foden abriu a defesa adversária ao servir Doku no lado direito. O belga levantou a cabeça e cruzou rasteiro na direção de Rodri que, de primeira, fuzilou para estufar as redes.

Rodri abriu o caminho para vitória do Manchester City (Foto: Icon Sport)

Apesar do começo avassalador do City, o Aston Villa não se intimidou e mostrou porque é um dos melhores times da atual edição da Premier League. Em contra-ataque mortal, a estrela do garoto prodígio Jhon Durán brilhou e silenciou o Etihad. O jovem centroavante colombiano, reserva imediato de Watkins, tabelou com Morgan Rogers, recebeu livre na área e tocou na saída de Ortega para deixar tudo igual no placar.

O gol de Durán fez o Villa enfim acordar para o jogo. A equipe visitante conseguiu se livrar da pressão, encaixou a marcação e passou a competir. Ainda assim, o City manteve a soberania na posse. Atacando em um 3-2-5, os atuais tricampeões da Premier League não se abateram com o tento de empate e tentaram incessantemente retomar a liderança no marcador antes do intervalo. Conseguiram. Em cobrança de falta frontal nos acréscimos, Foden contou com ajudinha de Zaniolo (abriu a barreira) e matou o goleiro Robin Olsen, que nada pôde fazer.

Em jogada magistral de Rodri, Foden mata o jogo (e ainda deu tempo de garantir um hat-trick)

Atrás no placar, o Aston Villa era quem deveria aumentar o volume na etapa complementar. Mas não foi isso que aconteceu. Insaciável, o Manchester City, no desejo de liquidar o jogo quanto antes, voltou do intervalo com mais apetite e encurralou o adversário. Em menos de cinco minutos, Olsen defendeu arremates de Doku e Bernardo Silva, mantendo a equipe de Birmingham viva na partida.

A estratégia de Unai Emery para o 2º tempo era muito clara: absorver a pressão, jogar no erro do City e surpreender o adversário por meio de contra-ataques rápidos. Deixar o Etihad com um ponto na bagagem agradaria certamente o comandante do Villa. No entanto, faltou combinar isso com a dupla Rodri Foden. Com 17′ no relógio, o volante espanhol fez fila na entrada da área e desmontou a defesa visitante ao descolar passe preciso para o meia-atacante que, com lindo tapa de primeira, matou qualquer esperança do Villa.

O recital dos Citizens não só continuou, bem como se transformou em goleada. Vivendo noite inspirada, Foden se aproveitou de erro do Villa na saída de jogo, recuperou a posse e enviou um míssil, no ângulo, sem chances para Olsen. Terceiro hat-trick da carreira do talentoso meia-atacante inglês.

Quando Manchester City e Aston Villa voltam a campo?

Na corrida pelo tetracampeonato da Premier League, o Manchester City volta a campo no próximo sábado (6), quando enfrenta o Crystal Palace fora de casa. A bola rola a partir das 8h30 (horário de Brasília), no Selhurst Park.  No mesmo dia, só que às 11h (horário de Brasília), o Aston Villa recebe o Brentford, no Villa Park. Ambos os jogos são válidos pela 32ª rodada do certame.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo