Premier League

Definida data de julgamento que pode tirar pontos e selar destino do Manchester City na Premier League

O "julgamento do século" pode render uma sanção histórica para o Manchester City na Premier League em caso de violações financeiras

Depois da sanção ao Everton, a Premier League está no encalço do Manchester City. Nesta quinta-feira, foi definida a data do julgamento que pode fazer os Citizens perderem uma enorme quantidade de pontos no Campeonato Inglês. Segundo o Daily Mail, o clube e a liga chegaram a um acordo sobre quando será realizado o chamado “Julgamento do Século” pela imprensa europeia.

Um painel independente julgará a acusação contra o Manchester City por 115 violações dos regulamentos financeiros (o chamado ‘fair play financeiro) após uma investigação iniciada em fevereiro de 2018. O dia exato do julgamento ainda não foi confirmado, mas o jornal britânico confirma que será no próximo outono inglês. Ou seja, entre setembro e novembro de 2024.

A data coincide com o último ano de contrato de Guardiola, cujo vínculo vai até junho de 2025. O técnico chegou a confirmar recentemente que continuaria na equipe mesmo que o City fosse considerado culpado e sancionado com a perda de pontos. Contudo, o julgamento deve se estender até o fim da temporada 2024/25, e o treinador pode ver seu time ser punido na Premier League. E há motivos de sobra para se preocupar.

Manchester City corre sérios riscos de ser punido na Premier League

Há algumas semanas, o Everton foi considerado culpado no caso de violação às regras de lucratividade e sustentabilidade da liga. Por conta disso, sofreu a perda de 10 pontos nesta Premier League. Agora, está na zona de rebaixamento, na penúltima posição com quatro pontos. Com esse histórico, o Manchester City corre sérios riscos de também ser punido.

Após o silêncio dos Citizens e da Liga Inglesa com a sanção sofrida pelo Everton, as partes solucionaram o atraso incompreensível para marcar a data do julgamento. Vale ressaltar que diversas equipes da Premier League reclamaram da demora em meio ao tamanho do escândalo envolvendo o City.

Os Citizens são acusados de quebrar as regras da Premier League entre 2009 e 2018, período que sucede à aquisição de Sheikh Mansour e do Abu Dhabi United Group, em 2008. O Manchester City não teria fornecido informações financeiras precisas à liga, enganando sobre sua receita, incluindo a proveniente de patrocínios e custos operacionais.

Assim como aconteceu com o Everton, existem acusações de que os Citizens violaram as regras da Premier League sobre lucratividade e sustentabilidade de 2015 a 2018. Com o precedente imposto pela punição, o City pode até mesmo ser rebaixamento automaticamente da Premier League.

Ainda segundo o Daily Mail, a tendência é que a sanção seja “somente” uma grande dedução de pontos no campeonato. O Manchester City, por sua vez, já declarou diversas vezes que possui provas irrefutáveis de sua inocência no caso de suposta violação do fair play financeiro. Fato é que o painel independente julgará as sérias acusações feitas pela Premier League em 2024 (caso não aconteça nenhum outro atraso injustificado).

O time de Guardiola está na caça ao líder da Premier League. Na vice-liderança do campeonato, os Citizens somaram 29 pontos em 13 jogos, somente um ponto a menos que o 1º colocado Liverpool. Enquanto Pep Guardiola comanda os trabalhos dentro de campo, uma bomba explodiu no Etihad Stadium.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo