Premier League

Manchester City faz a lição de casa, vence o Brentford e assume a vice-liderança da Premier League

Com golaço de Haaland em jogo de rodada atrasada, City vence o Brentford por 1 a 0 e encosta no líder Liverpool

O Manchester City tinha que vencer o Brentford, no Etihad Stadium, se quisesse continuar sonhando com o título da Premier League. Afinal, ao enfrentar um time da parte debaixo da tabela, para colocar a 18ª rodada da competição em dia, a responsabilidade estava toda no colo dos Citizens. Nesta terça-feira (20), a equipe de Pep Guardiola fez a lição de casa, venceu os visitantes por 1 a 0 e encostou no líder Liverpool.

A primeira etapa foi bastante equilibrada, com o Brentford muito fechadinho e evitando a todo custo ser surpreendido pelo City. No entanto, não teve jeito para os Bees segurarem Erling Haaland no tempo final. O artilheiro do Campeonato Inglês marcou seu 17º gol na temporada e cravou a vitória.

Com o resultado, o time de Manchester agora ocupa a segunda posição da tabela, com 56 pontos – apenas um a menos do que o Liverpool, primeiro colocado. Vale ressaltar que os Reds entram no campo de Anfield já nesta quarta-feira (21), pela 25ª rodada, contra o Luton Town, às 16h30 (horário de Brasília). Ou seja, eles podem disparar de novo na liderança.

Por outro lado, o Brentford segue estagnado na competição. Num lenga lenga sem fim, a equipe de Londres é a 14ª colocada, com 25 pontinhos somados e uma sequência muito irregular.

No próximo sábado (24), o City visitará o Bournemouth, no Vitality Stadium, às 14h30. Já na segunda-feira, os Abelhas encontrarão o West Ham no Estádio Olímpico de Londres, às 17h.

Primeiro tempo de dar sono

O Brentford não deu muito as caras no primeiro tempo. Sem tanta coragem de sair com a bola e enfrentar a forte marcação dos donos da casa, os jogadores de linha de defesa fizeram tudo o que podiam para tornar sua zaga impenetrável. E esse foi basicamente o resumo da etapa inicial: Manchester City tentava atacar e Brentford se defendia.

Phil Foden chegou a ter uma ótima oportunidade de balançar a rede em chute de fora da área, mas a bola parou nas mãos de Mark Flekken, que teve que fazer uma bela ponte para alcançar o canto direito.

Perto do apito para o intervalo, Kyle Walker cruzou basicamente na cabeça de Bernardo Silva, mas o meia português subiu muito mal para cabecear e desperdiçou a chance, deixando o 0x0 no placar.

Haaland, sempre ele

O que faltou de capricho na etapa inicial foi ainda mais evidente depois do intervalo. Priemeiro, o City teve uma boa oportunidade de fazer o gol após cobrança de escanteio e, quase na sequência, Haaland recebeu um passe perfeito do camisa 10. Só faltou colocar dentro da meta.

A partida seguiu empatada até os 25 minutos, quando Julian Alvarez encontrou mais uma vez Haaland em boa condição. Desta vez, o camisa 9 não desperdiçou, carregou a bola quase da linha do meio de campo com muita velocidade, chegou perto da área e mandou uma paulada no cantinho esquerdo, sem chances para Flekken.

Por fim, o time da casa ainda teve mais uma oportunidade em uma cabeçada de Haaland, aos 35 minutos, mas o bandeirinha apontou impedimento no lance e o VAR confirmou.

Botão Voltar ao topo