Premier League

Guardiola recebe péssima notícia sobre recuperação de lesão de Haaland

Com lesão no pé mais preocupante do que se imaginava, Haaland está fora do jogo deste sábado e só deve retornar no final de janeiro

Se por um lado Kevin De Bruyne está de volta após longos meses afastado por lesão, em contrapartida o Manchester City segue sem poder contar com Erling Haaland, artilheiro da equipe na temporada. Fora desde o início de dezembro, o atacante norueguês sofreu uma contusão no pé que, apesar de não chamar tanta atenção no início, se mostrou extremamente prejudicial para o atleta.

Em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira (12), na prévia de Newcastle x Manchester City, Pep Guardiola confirmou a ausência de Haaland no jogo deste sábado (13) e projetou o retorno do atacante apenas para o final do mês de janeiro. Segundo o técnico espanhol, a lesão contraída pelo camisa 9 não é tão simples quanto se esperava.

– Ele teve um pequeno problema no pé e os médicos decidiram parar por uma semana e reiniciar em Abu Dhabi. Espero que no final deste mês ele esteja pronto. Foi um pouco mais do que esperávamos no início. Cada lesão, você pode fazer o que quiser, mas é uma questão de tempo. No final deste mês, talvez ele esteja pronto para voltar -, disse o treinador.

Como citado por Guardiola, Haaland seguiu orientação dos médicos e não treinou nos últimos dias, enquanto se recupera da lesão por estresse no pé. A esperança do comandante dos Citizens é que seu artilheiro possa retornar às atividades na próxima semana, em Abu Dhabi, onde o clube passará as férias de inverno. Depois do jogo contra o Newcastle, o City viaja rumo à capital dos Emirados Árabes e só volta a campo no dia 26 de janeiro, quando enfrenta o Tottenham, em compromisso válido pela Copa da Inglaterra. Posteriormente, o atual tricampeão inglês medirá forças diante do Burnley, na Premier League.

Mesmo que o goleador norueguês possa participar de qualquer um dos jogos citados, já terá perdido mais partidas na atual temporada do que em 2022/23. O embate contra o Newcastle será o nono compromisso consecutivo em que Haaland não estará disponível, num total de 10 em 2023/24.

Akanji também segue fora, mas De Bruyne está 100%

Assim como Haaland, Manuel Akanji também não estará disponível para os próximos compromissos do City. O zagueiro suíço sofreu uma pancada durante a goleada por 5 a 0 sobre o Huddersfield, no último domingo (7), e virou dor de cabeça para Guardiola.

– Ele ficará fora por algumas semanas. Não é um grande golpe, mas até o final do mês. Não sei se ele estará pronto para os jogos contra Tottenham ou Burnley. Agora temos sorte de não termos jogos nos próximos 10 dias depois do Newcastle, mas veremos depois de Abu Dhabi com bom tempo como nos sentimos.

A boa notícia para Guardiola e companhia é o o retorno e a evolução gradual de Kevin De Bruyne. Após se lesionar na estreia do City na Premier League 2023/24, em agosto, o meio-campista belga ficou afastado dos gramados por cinco meses. Na vitória diante do Huddersfield, ele entrou no decorrer do segundo tempo e deu assistência para Doku marcar.

– Kevin De Bruyne está pronto para começar e posso ver que ele está muito bem e a viagem a Abu Dhabi (na próxima semana) também lhe fará bem. Eu o vi ontem e ele se sente bem e dinâmico. Ele jogou bem, melhor do que nas sessões anteriores ao Huddersfield. Ele está melhorando -, afirmou Guardiola.

A temporada do City até aqui

Após o empate com gosto de derrota contra o Crystal Palace, em meados de dezembro, o Manchester City se organizou e enfileirou vitórias. Desde então, acumulou acumulou cinco triunfos consecutivos – dois no Mundial de Clubes, dois na Premier League e um na Copa da Inglaterra.

Com 40 pontos conquistados, cinco atrás do líder Liverpool – que tem um jogo a mais -, os Citizens ocupam a terceira colocação da Premier League. Em 19 rodadas disputadas, a equipe de Guardiola venceu 12, empatou quatro e perdeu três. São 45 gols marcados e 21 sofridos até o momento.

Além da liga, o City segue vivo em mais duas frentes: Copa da Inglaterra e Champions League. No mata-mata nacional, o clube de Manchester eliminou o Huddersfield e agora terá o Tottenham pela frente, enquanto na competição continental o adversário das oitavas de final será o Copenhague, da Dinamarca.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo