Premier League

Fernandinho: “Foi uma jornada bonita e com certeza ficará para sempre no meu coração”

Aos 37 anos, Fernandinho se despediu do Manchester City levantando a taça da Premier League como capitão da equipe e celebrou a sua passagem

Fernandinho deixará o Manchester City como uma lenda do clube. Contratado em 2013 vindo do Shakhtar Donetsk, o volante ganhou seu espaço e se tornou não só um jogador importante, mas capitão da equipe. Ele anunciou a saída em abril e é especulado para voltar ao Brasil, ao Athletico Paranaense. Seu último jogo com a camisa do City foi a vitória por 3 a 2 sobre o Aston Villa, que significou a conquista do título da Premier League, o seu quinto pelo clube.

“É realmente um dia muito emocionante para mim. Sou muito grato ao City. Foi uma ótima experiência para mim, uma jornada bonita e com certeza ficará para sempre no meu coração”, disse Fernandinho à Sky Sports depois da partida.

VEJA TAMBÉM:
Uma rodada final gravada de imediato na memória: As emoções do City campeão, ao ressurgir de um desastre
O épico do Manchester City recontado através de uma galeria de fotos espetaculares
Guardiola celebra quarta Premier League em cinco anos: “Somos lendas. Seremos lembrados”

O volante, que precisou atuar improvisado como zagueiro, comentou sobre a conquista ter vindo nas circunstâncias que vieram, saindo perdendo por 2 a 0 e virando para 3 a 2. “Um sentimento incrível. Não foi fácil com 2 a 0 contra em casa. Estávamos um pouco nervosos e lutamos um pouco para conseguirmos espaços”, comentou o brasileiro.

“Tivemos muitas bolas paradas, mas não foi o suficiente para marcar um gol. Eles marcaram o primeiro gol e, no fim, Kevin, Gundo e Rodri, eles fizeram diferença para nós. Nós nunca desistimos. Sempre acreditamos até o fim. Dez anos atrás e hoje foi um pouco diferente, mas também similar”, disse o volante, lembrando da lendária conquista do título da Premier League na temporada 2011/12.

A passagem de Fernandinho pelo Manchester City acaba, mas o seu nome fica na história. Ele é, discutivelmente, um dos melhores brasileiros da história da Premier League. Marcou época e foi muito elogiado por Pep Guardiola, a ponto de ter se tornado um jogador crucial para a equipe em determinado momento. Termina como reserva, o que é normal para um jogador de 37 anos. São nove anos muito marcantes defendendo a camisa do City e será lembrado para sempre pelos torcedores por tudo que ele fez.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo