Premier League

De olho na Champions: Son comanda o Tottenham em jogaço contra o Leicester

Sul-coreano marcou duas vezes e ainda deu uma assistência na vitória dos Spurs em Londres

O domingo (1º) para o Tottenham teve muitas boas notícias. Em casa, o time de Antonio Conte bateu o Leicester por 3 a 1, viu um verdadeiro espetáculo protagonizado por Heung-Min Son e o fim do jejum de gols de Harry Kane. E com tudo isso, o sonho de uma vaga na Liga dos Campeões também voltou a ganhar cores.

Aproveitando do desvio de foco do Leicester com a semifinal da Conference League, o Tottenham entrou disposto a resolver logo o confronto de hoje pela Premier League. O apetite ficou evidente quando, aos 22 minutos, Kane tirou o zero do placar, com assistência de Son. O atacante não marcava há cinco jogos pela liga e manteve o papel de carrasco dos Foxes: ao todo, em 18 encontros, Kane marcou 19 vezes contra o time hoje treinado por Brendan Rodgers. Isso é que é ódio genuíno.

Embora estivesse totalmente no controle das ações, os Spurs só deslancharam de fato na segunda etapa. A falta de efetividade nos primeiros 45 minutos deixava o contexto um tanto aberto em uma possível reação do Leicester. Mas isso não chegou a acontecer, porque Son abandonou a função de garçom e foi para dentro da área.

Son chamou a responsabilidade pela vitória e marcou o segundo gol, aos 15 minutos, com assistência de Dejan Kulusevski. Pouco antes da marca dos 35′, sacramentou a vitória dos locais, em novo passe de Kulusevski vindo da ponta direita. O sul-coreano recebeu perto da área, não foi incomodado pela marcação e se sentiu confortável para mandar uma bomba no canto superior da meta de Kasper Schmeichel. Golaço com a marca do carisma nas comemorações do asiático.

Completamente rendido, o Leicester pouco fez durante todo o jogo. Chutou duas vezes no gol, apesar de ter a bola para si em maior parte do tempo. Nos acréscimos, Kelechi Ihenacho mostrou oportunismo e marcou o gol de honra dos visitantes, também apresentando suas credenciais para começar jogando na reta final da temporada. A situação da derrota só é amenizada quando lembramos que Rodgers está com a cabeça na Roma, no meio de semana, em busca da primeira final continental da história dos Foxes.

O triunfo dos Spurs é vital para a ambição de retornar à principal competição europeia. Aguardando o desfecho de Arsenal x West Ham, que também jogam neste domingo, Conte e seus comandados souberam reagir após atuações trágicas e voltaram para o quarto lugar, somando a mesma pontuação dos Gunners, temporariamente. Apenas por hoje, vai ter gente do Tottenham torcendo para os Hammers…

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo