Premier League

De Bruyne roubou o show mais uma vez no atropelamento do Manchester City

Na atual fase do Manchester City, há jogos nos quais os três pontos podem ser computados automaticamente. E que me perdoem os torcedores do Liverpool, mas o West Bromwich é um desses casos. Que os Baggies esbocem uma reação, o duelo no Estádio Etihad era coluna um na cabeça. Assim fez o time de Pep Guardiola, derrotando os visitantes por 3 a 0 e abrindo um pouco mais de vantagem na liderança da Premier League. Triunfo, outra vez, ditado por Kevin de Bruyne. O melhor jogador da temporada inglesa comandou a festa, com gol e assistência.

Novo reforço da zaga do City, Aymeric Laporte já apareceu entre os titulares, compondo dupla com Nicolás Otamendi. E o basco pouco teve trabalho em sua estreia, durante o duelo que teve 75% de posse de bola aos anfitriões. O primeiro gol saiu aos 19 minutos, com uma verdadeira tacada de sinuca de De Bruyne. O belga percebeu a projeção de Fernandinho e deixou o companheiro na cara do gol. Não deu para Ben Foster, que já vinha trabalhando bastante. Além disso, o camisa 17 também queria anotar o seu. Apareceu mais como finalizador do que como garçom, com seis arremates. Aos 31, acertou o travessão.

A tranquilidade do City só foi assegurada na etapa complementar, depois de uma coleção de defesaças de Foster. O segundo gol aconteceu aos 23. De Bruyne puxou contra-ataque, fugiu da falta, abriu com Raheem Sterling e apareceu dentro da área apenas para completar. Pouco depois, o belga ainda quase marcou um gol do meio-campo, em bola que raspou o travessão antes de sair. Foi substituído aos 33, pronto para receber os aplausos merecidos das arquibancadas. Outro estreante da noite, vindo do banco, Daniel Sturridge proporcionou a primeira finalização do West Brom somente aos 43. Mas um minuto depois coube a Sergio Agüero fechar a conta. O centroavante recebeu de Sterling, após arrancada do inglês, e tocou com categoria na saída de Foster.

Com a vitória, o Manchester City chega aos 68 pontos. A esta altura, já supera a pontuação registrada em 2015/16, a última temporada com Manuel Pellegrini, e está a dez pontos de igualar o primeiro ano de Pep Guardiola na cidade. Com a derrota do Manchester United na visita ao Tottenham, são 15 de vantagem em relação aos rivais, na segunda colocação. Já o West Brom ficou com a lanterna, ultrapassado pelo Swansea nesta rodada.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo