Premier League

Choupo-Moting e falhas defensivas fazem Manchester United perder primeiros pontos na liga para o Stoke

O atacante camaronês Eric Maxim Choupo-Moting teve um time de estrela. Contratado pelo Stoke nesta temporada, o novo dono da camisa 10 do time aproveitou o dia de vacilos defensivos do Manchester United para marcar dois gols e deixar o campo como grande destaque no empate por 2 a 2. O Manchester United desperdiça seus primeiros pontos na campanha da Premier League, embora volte à liderança com o resultado.

LEIA TAMBÉM: Finalmente Kane marcou na Premier League, para azar do Everton

Surgido no Nürnberg, o jogador, alemão de nascimento e camaronês por adoção, passou ainda por Hamburgo, Mainz 05 e Schalke 04. Sem contrato ao final da temporada passada, chegou ao time do Stoke de graça, como um negócio de ocasião. Neste jogo, mostrou o seu valor. Atuando pela ponta esquerda, causou problemas à defesa do Manchester United. Normalmente seguro, o sistema defensivo do time do técnico José Mourinho deu espaço para o jogador camaronês, que castigou os visitantes duas vezes.

A primeira vez foi ainda no primeiro tempo. Curiosamente, a jogada começou pelos pés de um ex-jogador do Manchester United. O meio-campista Darren Fletcher, capitão do Stoke, fez uma bonita inversão de bola para o lado direito, onde estava Mame Biram Diouf. O ala cruzou rasteiro para a área e Choupo-Moting se antecipou ao zagueiro Eric Bailly e marcou: 1 a 0. O zagueiro marfinense demorou a reagir.

O gol no final do primeiro tempo, porém, não fez o placar ir para o intervalo só com 1 a 0. Em uma cobrança de escanteio, Paul Pogba cabeceou, a bola desviou em Rashford e entrou. O gol foi dado ao atacante, mesmo tendo sido totalmente sem querer. O empate por 1 a 1 não indicava como tinha sido o jogo. O United domina as ações e teve algumas chances para chegar ao gol, mas não conseguiu converter.

No segundo tempo, o Manchester United não começou bem. Mesmo assim, aproveitou uma chance que teve para virar o placar. Depois de bola roubada no meio-campo, o lateral Darmian tocou para Mkhitaryan, que esperou o momento certo para fazer o passe preciso para Lukaku. O centroavante belga chutou, Butland defendeu, e ele marcou no rebote: 2 a 1 United.

Só que não demorou muito para o jogo voltar a ficar empatado. Se na primeira vez que o empate saiu o gol veio de um escanteio do United, desta vez foi o mesmo, mas pelo Stoke. No lance anterior, De Gea fez uma defesa sensacional depois de finalização de Jese, em cruzamento. Na cobrança, Xherdan Shaqiri cobrou na segunda trave, Phil Jones bobeou na marcação de Choupo-Moting, que cabeceou para empatar o jogo em 2 a 2.

O Manchester United tentou o gol da vitória, inclusive com alterações que Mourinho fez para tornar o time mais ofensivo. Juan Mata, Anthony Martial e Jesse Lingard vieram a campo e, embora Martial tenha feito uma linda jogada com um drible, o time não conseguiu o gol. O empate foi muito comemorado pelos jogadores do Stoke. Embora não seja o resultado esperado para o Manchester United, também não é um desastre. Jogar em Stoke on-trent, no Bet365 Stadium, será uma missão difícil à maioria dos times. O bom início da equipe permite que um ou outro jogo acabe em empate. Mas Mourinho sabe que precisará trabalhar para evitar as falhas defensivas que o time apresentou. Especialmente os dois lances dos gols, que foram falhas simples dos seus dois zagueiros.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo