Premier League

Chicharito é contratado para fazer os gols que vêm fazendo falta ao West Ham

O West Ham precisava de um bom centroavante e não é de hoje. Desde que retornou à Premier League, cinco anos atrás, nenhum chegou nem perto de uma marca respeitável para um clube que tem grandes ambições de se fixar entre os melhores do país. A nova tentativa dos Hammers é um velho conhecido da Inglaterra: Javier Hernández, ex-jogador de Manchester United e Real Madrid, que estava no Bayer Leverkusen, contratado por aproximadamente € 18 milhões.

LEIA MAIS: Depois do sucesso no Stoke, Arnautovic tentará repetir o bom desempenho no West Ham

Para um time ser bem sucedido, não é necessário que haja um artilheiro, se os gols forem bem distribuídos entre todos os jogadores. Mas o West Ham tem tido dificuldades para colocar a bola na rede desde o acesso da Championship, em 2011/12. Em cinco anos, tem média de apenas 48 gols por campanha da Premier League, e isso porque marcou 65 em 2015/16, uma temporada fora da curva em todos os sentidos. Nas outras quatro, o máximo a que chegou foi 47 tentos, sempre com médias ligeiramente superiores a um gol por partida.

Os Hammers tentaram trazer alguns atacantes: Andy Carroll, Marco Borriello, Diafra Sakho, Enner Valencia, Simone Zaza, Jonathan Calleri, entre outros. Nenhum resolveu o problema. O melhorzinho foi Sakho, com 12 gols em todas as competições, na temporada 2014/15. Nas outras, o artilheiro dos Hammers sempre foi um meia – Kevin Nolan, duas vezes, Dimitri Payet e Michal Antonio -, e nenhum centroavante chegou a dois dígitos. O último camisa 9 prolífico foi Carlton Cole, com 15 tentos na segunda divisão.

Chicharito é o próximo. E a tentativa parece boa. Se o seu nível nunca chegou a ser bom o bastante para Manchester United e Real Madrid, o mexicano mostrou que pode ser um artilheiro de respeito no Bayer Leverkusen. Em duas temporadas, somou 39 gols em 79 partidas. Foram 17 na Bundesliga de 2015/16, colocando em quarto lugar na tabela de artilheiros, atrás apenas de Thomas Müller, Aubameyang e Robert Lewandowski.

MAIS: Emprestado ao West Ham, Joe Hart ganha chance de recomeçar na Premier League

“Para mim, a Premier League é a melhor liga do mundo e, quando a oportunidade aparece, eu fiquei desesperado para assinar por este clube”, afirmou Chicharito. “Não foi uma decisão difícil. O West Ham é um clube histórico e muito ambicioso. Neste verão, você pode ver, pelos jogadores que contrataram, que querem ter uma temporada muito boa. Eu tive três anos fantásticos na Espanha na Alemanha, mas a Inglaterra foi o primeiro grande capítulo da minha carreira e estou feliz por ter voltado”.

Chicharito é o quarto jogador contratado por Slaven Bilic, depois de Pablo Zabaleta, Joe Hart e Marko Arnautovic. Parece um bom mercado, mas até aí, o último também era, e a temporada dos Hammers terminou melancólica, no meio da tabela e com dificuldades para se adaptar ao Estádio Olímpico. Com os gols de Hernández, o West Ham espera que a sorte seja diferente no próximo ano.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo