Premier League

Cavani foi o protagonista de um épico do United, com uma virada espetacular

Um dos maiores símbolos do futebol uruguaio é a raça. Sempre houve jogadores de qualidade no país, às vezes mais, às vezes menos. Edinson Cavani é um veterano, mas é dos grandes jogadores, tecnicamente, do Uruguai. Além disso, é um símbolo da imensa raça e doação em favor da equipe. Na sua ainda recente história pelo Manchester United, Cavani escreveu um capítulo memorável. Ele foi o grande responsável pela virada de um 2 a 0 do Southampton para um 3 a 2 para os Red Devils, com o último gol nos acréscimos. Ele fez jus ao caráter épico da camisa 7 que veste.

LEIA TAMBÉM: Duelo entre Everton de Ancelotti e Leeds de Bielsa foi um jogaço decidido por Raphinha

Aos 33 anos, Cavani ficou sem clube após o final da temporada passada e fechou com o United. Já tinha feito seu primeiro gol pelo clube, mas o que ele viveu hoje é um capítulo à parte. Foi um épico. Um jogador instintivo, como mostraram seus dois gols. O United saiu de um jogo ruim para uma virada. A atuação precisará ser revista, houve problemas, mas o épico se sobrepõe.

Os Saints abriram o placar com Jan Bednarek, aos 23 minutos, e ampliou com James Ward-Prowse, em uma belíssima cobrança de falta, sua especialidade. O United parecia batido em campo, mais pela mentalidade, de um time que já soava derrotado, mesmo com tanto tempo pela frente.

No intervalo, Solskjaer não fez grandes mudanças. Tirou Mason Greenwood e colocou Edinson Cavani. No mais, o time era basicamente o mesmo. Só que a energia e a qualidade do atacante mudaram o time. Aaron Wan-Bissaka fez uma boa jogada com Fred e acionaram Cavani na ponta direita. Ele cruzou para Bruno Fernandes, que dominou, chutou e marcou, diminuindo o placar para 2 a 1, aos 15 minutos.

O segundo gol veio aos 29 minutos, Luke Shaw cobrou escanteio, a defesa tirou, Bruno Fernandes chutou de fora da área e Cavani mergulhou no meio do caminho para desviar e marcar: 2 a 2. O United tinha tempo para tentar a virada. E ela veio.

O cronômetro já marcava quase 47 minutos do segundo tempo quando Marcus Rashford cruzou da esquerda, Cavani se antecipou à defesa e tocou de cabeça para marcar o gol da vitória: 3 a 2. Uma virada sensacional, que tem a marca do atacante uruguaio.

Curiosamente, o United ainda está atrás do Southampton na classificação, mas melhorou sua pontuação. Agora tem 16 pontos, em sétimo lugar, um ponto atrás do Southampton, que é quinto colocado.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo