Premier League

Boris Johnson anuncia plano para volta dos torcedores aos estádios da Inglaterra a partir de outubro

Não havia muitos rumores em torno de uma possível volta dos torcedores às arquibancadas inglesas, e é por isso que o anúncio de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, nesta sexta-feira (17) de um plano para abertura parcial dos estádios a partir de outubro veio como uma grande (e bem-vinda) surpresa.

[foo_related_posts]

O projeto, é claro, é válido também para outros esportes, e serão esses que terão os primeiros testes, já a partir dos próximos dias. Em 26 e 27 de julho, dois amistosos de críquete deverão ter público. Alguns dias mais tarde, em 31 de julho, é a vez do Campeonato Mundial de Sinuca, em Sheffield, receber espectadores. Por fim, o festival de corrida de cavalos Goodwood, em 1º de agosto, também servirá de teste.

“Faremos testes pilotos de aglomerações maiores em locais como estádios esportivos, de olho em uma reabertura mais ampla no outono. A partir de outubro, pretendemos trazer os públicos de volta aos estádios. Vale repetir, essas mudanças devem ser feitas de uma maneira segura em termos de Covid-19 e estão sujeitas ao sucesso desses testes”, explicou Johnson.

Organizadora da corrida de cavalos Goodwood, a Racecourse Association afirmou que o evento está projetado para receber até cinco mil pessoas. Não se sabe sobre a capacidade com que irão operar os outros encontros esportivos.

A possível reabertura parcial dos estádios não viria sem obrigações, é claro. O governo britânico destacou algumas regras que precisariam ser respeitadas. Entre elas: os torcedores precisam aderir a um código de comportamento que determina que eles não podem ir aos estádios se potencialmente tiverem sintomas do Coronavírus ou tiverem tido contato com alguém infectado; o distanciamento social precisa ser respeitado nas arquibancadas (como visto no jogo entre Le Havre e PSG, no último fim de semana); locais de higienização precisam ser implementados nos estádios, especialmente nas entradas e saídas; e é preciso haver planos de controle de multidão, como vias de mão única e fiscalização nas entradas e saídas. Por fim, o governo recomenda a utilização de procedimentos de triagem nos estádios, checando por possíveis sintomas da Covid-19.

A Inglaterra é o mais recente dos cinco principais países europeus no futebol a sinalizar uma volta dos torcedores aos estádios. No último final de semana, a França passou a abrir os locais esportivos para públicos de até cinco mil pessoas. Na Itália, o ministro do Esporte, Vincenzo Spadafora, expressou diante do senado o seu desejo de ter o retorno dos torcedores, também em número limitado, a partir de setembro, na nova temporada europeia.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.