Premier League

Bergwijn comemora seus dois gols nos acréscimos: “Os torcedores tiveram um dia fantástico”

Os dois gols de Bergwijn levaram o Tottenham a virar o jogo contra o Leicester nos acréscimos e ele foi elogiado por Kane e o técnico Antonio Conte

Fazer dois gols nos acréscimos que significam a virada do seu time de uma derrota para uma vitória é algo que realmente deixa marcado. O que viveu Steven Bergwijn e os torcedores do Tottenham ficará na memória e o jogador, que estava cotado para deixar o clube, parece que ganha moral para continuar – algo que o técnico Antonio Conte tinha pedido. Bergwijn foi o nome da vitória do Tottenham por 3 a 2 sobre o Leicester e celebrou depois da partida.

“É fantástico. Os torcedores tiveram um dia fantástico. Eu marquei dois gols, estou feliz. O técnico me disse para fazer gols, criar dificuldades para os defensores e ficar perto de Harry”, afirmou Bergwijn logo depois do jogo, em entrevista à BT Sport. “Nunca desistimos e Steven entrou e faz a diferença. Fazer dois gols assim… Esses jogos você nunca esquece na sua carreira”, afirmou Harry Kane comentando sobre o colega de time.

“Acho que mostramos hoje que não queremos desistir, nunca. Os jogadores sabem muito bem qual nossa filosofia deve ser. Nós temos que lutar até o fim e tentar conseguir o resultado. Perder o jogo de hoje não seria certo. Criamos muitas, muitas chances. Tivemos azar quando sofremos o gol. No final, fomos muito bem e acreditamos até o fim. Queríamos três pontos e os merecemos”.

“Falei com Steve no passado. Para mim, ele é um jogador importante com um tipo especial de características. Ninguém no time tem essas características. Ele é bom tecnicamente, ele vence no confronto direto, é um atacante em uma boa condição física. É uma opção importante para mim, posso colocá-lo no time titular ou colocá-lo durante o jogo”, continuou Conte, falando à BT Sport.

Nesta temporada, Bergwijn tem 14 jogos disputados, sete deles como titular, com três gols marcados. O Ajax chegou a fazer proposta para contratar o jogador, mas o Tottenham recusou. Conte tem dito que quer manter o jogador por suas características únicas no elenco.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo