Premier League

Liverpool abusa das falhas, perde por 3 a 1 para o Arsenal e vê rival se aproximar na briga pelo título

Leandro Trossard marca seu sexto gol diante dos Reds em resultado crucial para o time londrino

Arsenal e Liverpool fizeram um grande confronto no Emirates Stadium na tarde deste domingo (4). O duelo de gigantes teve muitos lances de perigo, dribles, chutes e falhas. Sim, ao menos dois gols dos Gunners na vitória por 3 x 1 diante dos Reds tiveram erros capitais da melhor defesa da Premier League.

Saka abriu o placar para o time londrino e Gabriel Magalhães marcou contra no final do primeiro tempo. Na segunda etapa, Alisson e Van Dijk protagonizaram um lance digno de “Os Trapalhões”, deixando o gol aberto para Martinelli marcar o segundo gol do Arsenal. Nos acréscimos, Trossard, carrasco do Liverpool, marcou o terceiro e último gol dos Gunners em chute que passou em baixo das pernas do goleiro brasileiro.

O resultado, muito comemorado por Arteta, deixou em aberto a disputa pelo título da Premier League. Agora, são apenas dois pontos de diferença entre o Arsenal, com 49 pontos e o próprio Liverpool, que apesar da derrota, se manteve na ponta da tabela com 51.

Arsenal sai na frente, mas toma empate no fim

Nos primeiros dez minutos o jogo no Emirates Stadium foi bem estudado, a primeira oportunidade mais clara apareceu somente aos 11 minutos. Após escapada de Martinelli, o brasileiro cruzou na direção de Saka, que por pouco não conseguiu cabecear a bola.

Dois minutos mais tarde, o Arsenal conseguiu abrir o marcador. Mesmo pressionado, os Gunners conseguiu uma linda linha de passes e achou Odegaard no meio-campo, o norueguês, com um toque, achou Havertz no comando de ataque. No primeiro lance, o alemão chutou em cima do goleiro Alisson, no rebote, Saka, com o gol aberto, mandou a bola para o fundo do barbante, abrindo o marcador em Londres.

Aos 37, Martinelli teve a chance de aumentar o marcador no Emirates Stadium, após sobra de bola na entrada da área, o brasileiro chutou forte e rasteiro, para boa defesa de Alisson. O jogo estava complicado para o Liverpool, os Reds não conseguiam criar devido à forte marcação imposta pelo Arsenal, que utilizava os lados do campo para tentar criar perigo.

Mas, tem algo neste time do Liverpool que chama a atenção, seu espírito de luta. Mesmo não fazendo um primeiro tempo brilhante, os comandados de Klopp, na base da raça, conseguiram um empate achado no final do primeiro tempo. Após lançamento para Luis Díaz dentro da área, o colombiano brigou com a zaga e contou com um desvio de Gabriel Magalhães para mandar a bola para o fundo do gol, empatando o duelo.

Gunners se aproveitam de falhas de Alisson para sacramentar a vitória

No primeiro minuto da segunda etapa, Luis Díaz chegou com perigo, invadiu a área e chutou em cima da marcação. No lance seguinte, Mac Allister acertou um lindo chute de média distância, fazendo a bola passar com perigo à direita da meta de Raya.

Aos três minutos, mais uma finalização perigosa do Liverpool, Curtis Jones recebeu a bola do lado esquerdo da área, puxou para a perna direita e chutou com muito perigo, à esquerda de Raya. O Arsenal acordou aos sete minutos com Odegaard, que recebeu uma bola na entrada da área pelo lado esquerdo e chutou de canhota. A bola bateu na marcação do Liverpool e tocou na rede, mas pelo lado de fora.

Em um clássico tão equilibrado, um detalhe, um erro pode ser fatal. E a dupla Van Dijk e Alisson cometeram uma baita falha após lançamento longo da defesa do Arsenal. os dois jogadores do Liverpool se enrolaram e a bola sobrou limpa para Martinelli, que com o gol vazio, mandou a bola para o fundo do gol aos 22 minutos do segundo tempo.

Mac Allister, em mais um chute de fora da área, criou mais uma situação de perigo contra a meta de Raya. O argentino pegou a bola de frente para o gol e chutou forte, mas a bola passou à esquerda do gol dos Gunners.
O Arsenal teve mais uma chance para sacramentar a vitória aos 37 minutos. Após jogada trabalhada pela esquerda, Kiwior, que entrou no segundo tempo, teve uma grande chance para marcar o terceiro gol, mas cabeceou fraco, nas mãos de Alisson.

No lance seguinte, Darwin Nuñez recebeu a bola dentro da área, botou na frente, mas na hora de definir o lance, chutou quase sem ângulo, mandando a bola à esquerda de Raya. A situação do Liverpool não estava boa no jogo, além do placar adverso, os Reds perderam sua força ofensiva após o segundo gol sofrido. O que já era ruim ficou pior quando Konaté acabou obstruindo Havertz. Como já tinha cartão amarelo, o jogador acabou expulso, deixando o time de Klopp com um jogador a menos.

Para sacramentar a vitória dos Gunners, nada melhor do que um algoz. Leandro Trossard recuperou a bola ainda no meio-campo e correu para dentro da área, o belga chutou, a bola desviou na marcação e passou embaixo das pernas de Alisson. Terceiro gol do Arsenal e sexto gol do atacante contra os Reds, para fechar um placar gigantesco para as pretensões do Arsenal na Premier League.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo