Premier League

Há exatos 22 anos acontecia outro Liverpool x Arsenal decisivo pela Premier League

Pela Premier League 2001/02, Liverpool e Arsenal, lutando pelo topo da tabela, também jogaram em 23 de dezembro

O líder da Premier League, Arsenal, com 39 pontos, visita o terceiro colocado Liverpool, com 38, em Anfield, neste sábado (23). Para os Reds, só a vitória importa para ficar com a liderança do campeonato no natal – algo simbólico aos ingleses -, enquanto um empate é o suficiente para os Gunners. Por uma coincidência, o contexto atual é muito semelhante a algo visto há exatos 22 anos.

Em 23 de dezembro de 2001, o Liverpool, então segundo colocado com 33 pontos na Premier League 01/02, recebia em Anfield os Gunners de Arsène Wenger, no momento no quarto lugar, com 30. Naquele momento, o Newcastle liderava com 33 de pontuação – superior aos Reds no saldo de gols – e ainda tinha o Leeds United na disputa, terceiro com 32.

O jogo em uma noite fria em Anfield ficou marcado pela luta do Arsenal, com um a menos desde os 36 minutos do primeiro tempo, quando o holandês Giovanni von Bronkhorst tentou simular uma falta, já tinha cartão amarelo e foi expulso. Ainda na etapa inicial, o histórico time de Wenger abriu o placar com o craque francês Thierry Henry, convertendo pênalti em cima do goleiro Jerzy Dudek, que havia cometido a falta na área em cima de outro fora de série daqueles Gunners, o sueco Freddie Ljungberg.

No segundo tempo, Henry teve nova chance, agora na cara do goleiro polonês, em passe perfeito de outro francês, Robert Pirès, mas o atacante não finalizou da forma que costumava fazer, desperdiçando uma oportunidade clara. Pirès trataria de deixar outro companheiro em condições de marcar e, dessa vez, seria mortal: pela ponta esquerda, o francês colocou apenas Steven Gerrard para dançar, levou à linha de fundo e cruzou rasteiro, na medida, para Ljungberg aparecer na pequena área e antecipar toda marcação antes de marcar às redes. O sueco, com o marcante e punk moicano vermelho, se jogou no meio da torcida visitante em Anfield.

Pouco inspirado, o Liverpool de Gérard Houllier ainda diminuiu o placar com o finlandês Jari Litmanen, completando cruzamento de Michael Owen, mas faltou força para ameaçar uma reação. Com 10, o Arsenal venceu, ultrapassou os Reds ao término da 18ª rodada da Premier League daquele ano, pulando para segunda colocação.

O Arsenal ainda seguiu na segunda colocação, atrás do Newcastle, por mais duas partidas, assumindo a liderança na 20ª rodada. No entanto, logo depois perdeu a ponta para o Manchester United, finalmente voltando para o topo na 31ª para não sair mais. Venceu o título inglês de 2002 com uma rodada de antecedência. No fim, terminou com 87 pontos, sete a mais que o Liverpool, vice-campeão.

Este time foi a base do conhecido como “Invencíveis”, que conquistaram a Premier League de 2004 invictos – únicos a atingirem tal feito -, com 26 vitórias e 12 empates. Ainda é o último título do Campeonato Inglês do Arsenal.

Agora, 22 anos depois, se o cenário repetir, melhor para os Gunners, que completará ao término da atual temporada exatas duas décadas sem levantar a Premier League.

Liverpool
23/12/23 - 14:30

Finalizado

1

-

1

Arsenal

Liverpool - Arsenal

England Premier League - Anfield

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo