EuropaInglaterraLiga Europa

Pesadelo nos pênaltis: Tottenham cai para o Basel

O Tottenham conseguiu resistir à eliminação para o Basel no tempo normal, mas caiu na disputa de pênaltis. Os 2 a 2 do jogo de ida se repetiram no jogo de volta, graças a um gol no final do jogo. Isso mesmo depois do Basel ser melhor na maior parte do jogo, buscar o ataque e pressionar os Spurs em alguns momentos. O gol de empate no final parecia um prenúncio de uma vitória. Mas não foi. O Basel manteve o ritmo na prorrogação e chegou mais perto do gol, antes de garantir a classificação nos pênaltis.

Sem Gareth Bale, quem tem se destacado pela classe e habilidade é o zagueiro Jan Vertonghen. Mesmo atuando no centro da defesa, foi dele o passe em profundidade para Dempsey, aos 23 minutos. Só que o Basel não demorou a empatar cinco minutos depois, com Mohamed Salah. No início do segundo tempo, Aleksandar Dragovic colocou o Basel em vantagem.

Parecia que seria definitivo, porque o relógio marcava 36 minutos do segundo tempo, mas em um lançamento longo, Dempsey recebeu e mandou para a rede, empatando o jogo. A disputa foi para a prorrogação. E com o Tottenham jogando com um a menos, já que Vertonghen estava acabou expulso já com 45 minutos.

LEIA MAIS: 
Sem esforço, Chelsea pinta como favorito na Liga Europa

Novamente, o Tottenham decidiria sua vaga jogando fora de casa e na prorrogação. No início da prorrogação, Mohamed Elneny chutou de longe e a bola bateu na trave e saiu. Foi a melhor chance do tempo extra, que acabou não tendo gol. A decisão foi para os pênaltis.

O Tottenham desperdiçou duas cobranças com Huddlestone e Adebayor, enquanto Sigurdsson marcou. Os suíços foram precisos. Nas quatro cobranças, quatro gols: Schär, Streller e Fabian Frei marcaram primeiro. O último foi Marcelo Díaz, que cobrou bem e comemorou a classificação. Os suíços vão à semifinal – será o primeiro time suíço na semifinal de uma competição europeia desde 1977/78, quando o Grasshopper chegou à semifinal da Copa da Uefa.

Lazio cai diante do Fenerbahçe

A Lazio não conseguiu sobreviver ao Fenerbahçe nas quartas de final da Liga Europa. Em casa, o time não conseguiu vencer e o empate por 1 a 1 eliminou os biancocelesti. Na maior parte do tempo, o time pouco conseguiu fazer para ameaçar os turcos.

Senad Lulic marcou o 1 a 0 para a Lazio aos 15 minutos. O que poderia ser um combustível de euforia para a Lazio acabou não durando muito. Aos 28 minutos, Caner Erkin empatou o jogo e esfriou o time italiano. A partir de então, a Lazio ameaçou apenas em cruzamentos para a área. Não deu certo. O time acabou mesmo eliminado. O Fenerbahçe vai à semifinal.

Pela primeira vez na história, nenhum clube italiano chegou às semifinais de copas europeias por três anos consecutivos.

Benfica não dá chances para o Newcastle

O Newcastle teve esperança e teve vontade, mas não foi suficiente para bater o Benfica, mesmo jogando na Inglaterra. O empate por 1 a 1 deixou um gosto amargo na boca dos torcedores, que sonharem com a classificação até o último minuto, justamente quando o Benfica empatou o jogo e matou o confronto.

O jogo ficou empatado em 0 a 0 até os 36 minutos do segundo tempo. Foi quando Papiss Cissé marcou 1 a 0 para os Magpies e colocou uma ponta de esperança nos torcedores. Afinal, com um 2 a 0 os ingleses avançariam pelo gol fora de casa em Portugal. O sonho dos torcedores continuou, mas o time não fez jus. Parecia que o Newcastle ficaria por um gol. Mas quando o jogo já estava no fim, aos 47 minutos, Eduardo Salvio marcou o gol que definiu a vaga do Benfica.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo