InglaterraPremier League

O sonho acabou: Usain Bolt desiste de tentar jogar pelo Manchester United

Por anos, o torcedor assumido do Manchester United Usain Bolt comentou sobre seu sonho de defender o time depois de encerrar sua vitoriosa carreira no atletismo. O homem mais rápido do mundo manteve o discurso inúmeras vezes quando o assunto surgia, mas desta vez acabou enterrando de vez o sonho. E, segundo ele, por dois motivos bem específicos: o frio de Manchester e a aposentadoria de Alex Ferguson.

VEJA TAMBÉM: Messi perdeu a Copa, mas sua foto foi eleita a melhor do esporte em 2014

A justificativa do tempo é apenas uma brincadeira para amenizar o real motivo, é claro. Evidentemente, era muito mais fácil se candidatar a uma vaga no Manchester United durante o reinado de Ferguson, quando o time era seguro e a certeza da briga por títulos a cada ano estava lá. Agora, tem que gostar muito de um risco para se colocar no grupo que ainda tenta se encontrar sob o comando de Van Gaal. Se bem que, com a predileção do holandês por esquemas com alas, as chances de Bolt ser titular dos Red Devils são maiores agora do que já foram algum dia com o escocês.

Por mais sério que o jamaicano fosse em suas declarações, todos nós sabíamos que isso não iria acontecer. Ainda assim, foi bem legal imaginar como um superatleta como ele – e ainda com alguma habilidade – se sairia no esporte mais popular do planeta após dominar e escrever sua história em outro. Não ficaria atrás de alguns jogadores que tudo que sabem fazer é justamente… correr.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo