Inglaterra

O Chelsea deu uma resposta em campo, venceu a Udinese e contou com o primeiro gol de Sterling

O Chelsea escalou sua provável formação titular e se apresentou com mais qualidade para vencer a Udinese

É apenas a pré-temporada, mas o Chelsea precisava dar um sinal de vida dentro de campo. Depois da goleada sofrida contra o Arsenal e dos questionamentos de Thomas Tuchel sobre o empenho de seus jogadores, os Blues voltaram a campo nesta sexta-feira para outro amistoso, encarando a Udinese. E pelo menos o saldo foi mais positivo, com a vitória por 3 a 1, em que a equipe atacou bastante e criou muitas chances. Meio aos trancos e barrancos, Raheem Sterling anotou seu primeiro gol para os londrinos. N’Golo Kanté e Mason Mount completaram o placar.

O Chelsea teve Kalidou Koulibaly como a grande novidade entre os titulares, formando o trio de zaga com Thiago Silva e César Azpilicueta. De resto, Tuchel escalou um time que deve ser o titular no início da temporada. Raheem Sterling e Mason Mount vinham no apoio a Kai Havertz na frente. N’Golo Kanté e Jorginho formavam a dupla de volantes.

Com muita fluidez e chegadas frequentes à área, o Chelsea abriu o placar aos 20 minutos, com Kanté – ausente nos amistosos dos Estados Unidos por causa da vacinação incompleta. Aparecendo bastante, o meio-campista avançou até a entrada da área e bateu cruzado, num chute no cantinho. Já Sterling marcou o segundo, aos 37, numa infiltração pelo lado direito. O atacante passou pelo marcador e parou no goleiro Marco Silvestri, mas o rebote ainda bateu nele e entrou. Era um prêmio ao inglês, que agradava pela movimentação e pela combinação com os parceiros de ataque.

A Udinese descontou pouco depois, aos 42 do primeiro tempo, com Gerard Deulofeu marcando num rebote Édouard Mendy. Durante o segundo tempo, o Chelsea reduziu um pouco o ritmo, mas seguiu mais perigoso e viu Sterling carimbar a trave. O terceiro dos Blues saiu apenas no fim, com Mount só aparando o cruzamento de Callum Hudson-Odoi. Tuchel rodou bastante a equipe na segunda etapa, incluindo as entradas de Emerson Palmieri e Kenedy.

O Chelsea volta a campo no próximo final de semana, em sua estreia na Premier League. Encara o Everton, outro time que oscila na pré-temporada, mas que bateu o Dynamo Kiev por 3 a 0 nesta sexta – com dois gols do recém-contratado Dwight McNeil. Os londrinos indicam ter elenco para ainda brigar por G-4. Entretanto, a perda de espaço no mercado é outro motivo de preocupação, e as necessárias respostas em campo não estavam vindo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo