EuropaInglaterraLiga Europa

O Chelsea agora é dono de todas as taças europeias

O Chelsea viveu uma transformação em 2003. A chegada de Roman Abramovich – e de seus milhões – colocou os Blues em outro patamar. Um dinheiro que serviu para trazer craques e títulos, mas que também deixou esquecidos os grandes feitos dos londrinos no passado. É verdade que as conquistas não eram tão constantes antes do magnata russo. No entanto, graças a este histórico, o Chelsea agora se coloca no seleto grupo de clubes que possuem todas as taças europeias.

Sob o comando de Abramovich, os Blues conquistaram a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Antes dele, os ingleses haviam faturado a extinta Recopa Europeia duas vezes, em 1971 e 1998, além da Supercopa Europeia em 1998. O Chelsea é apenas o terceiro clube a ter a façanha de contar com os quatro títulos no currículo, algo só conseguido até então por Ajax (4 Ligas dos Campeões, 1 Recopa, uma Copa da Uefa, 2 Supercopas) e Juventus (2 Ligas dos Campeões, 1 Recopa, 3 Copas da Uefa, 2 Supercopas). O Barcelona, dono de quatro Ligas dos Campeões, quatro Recopas e quatro Supercopas, também pode ser contabilizado pelas três Taças de Feiras, torneio que é precursor da Copa da Uefa, mas que nem sempre é reconhecido pela Uefa.

O aproveitamento do Chelsea em finais europeias, aliás, é excelente. O clube disputou sete finais continentais e acabou levantando o troféu em cinco delas. Os únicos fracassos vieram na Liga dos Campeões de 2007/08, quando foram derrotados pelo Manchester United nos pênaltis, e na Supercopa Europeia de 2013, engolidos pelo Atlético de Madrid e por Radamel Falcao García na goleada por 4 a 1.

E o título da Liga Europa ainda proporcionou outro evento raro ao Chelsea. Só outros três clubes europeus haviam levado a melhor em dois torneios continentais diferentes em anos consecutivos – o Liverpool, a Juventus e o Porto. É verdade que festejar a Liga Europa meses depois de ter se sagrado na Liga dos Campeões é descer um degrau. De qualquer forma, não deixa de ser um motivo para alegrar a torcida e inflar ainda mais o ego de Abramovich.

Os títulos continentais do Chelsea

Recopa Europeia de 1970/71

Campanha: Aris-GRE 1×1 e 1×5; CSKA Sofia-BUL 0x1 e 0x1; Club Brugge-BEL 2×0 e 4×0; Manchester City-ING 0x1 e 0x1
Final: Chelsea 1×1 Real Madrid [Gols: Osgood | Zoco]; jogo-desempate – Chelsea 2×1 Real Madrid [Gols: Osgood e Dempsey | Fleitas] Time na final: Peter Bonetti; John Boyle, Rob Harris, John Dempsey e David Webb; Keith Weller, Charlie Cooke, Alan Hudson e Peter Houseman; Tommy Baldwin e Peter Osgood (Derek Smethurst). Técnico: Dave Sexton.

Chelsea Real

Recopa Europeia de 1997/98

Campanha: Slovan Bratislava-TCH 0x2 e 0x2; Tromso-NOR 3×2 e 1×7; Betis-ESP 1×2 e 1×3; Vicenza-ITA 1×0 e 1×3
Final: Chelsea 1×0 Stuttgart [Gol: Zola] Time na final: Ed de Goeij, Steve Clarke, Michael Duberry e Frank Lebouef; Dan Petrescu, , Dennis Wise, Roberto Di Matteo, Gus Poyet (Eddie Newton) e Danny Granville; Gianluca Vialli e Tore André Flo (Gianfranco Zola). Técnico: Gianluca Vialli.

CFC

Supercopa Europeia de 1998

Final: Chelsea 1×0 Real Madrid [Gol: Gus Poyet] Time na final: Ed de Goeij, Albert Ferrer, Marcel Desailly, Frank Lebouef e Graeme Le Saux; Michael Duberry, Dennis Wise, Roberto Di Matteo (Gus Poyet) e Celestine Babayaro; Gianfranco Zola (Brian Laudrup) e Pierluigi Casiraghi (Tore André Flo). Técnico: Gianluca Vialli.

1500312_w2

Liga dos Campeões 2011/12

Campanha: Bayer Leverkusen-ALE 0x2 e 1×2; Valencia-ESP 1×1 e 0x3; Genk-BEL 0x5 e 1×1; Napoli-ITA 3×1 e 1×4; Benfica-POR 0x1 e 1×2; Barcelona-ESP 0x1 e 2×2
Final: Chelsea 1×1 Bayern [Gols: Drogba | Thomas Müller]; nos pênaltis, 4×3
Time na final: Petr Cech, José Bosingwa, David Luiz, Gary Cahill e Ashley Cole; Obi Mikel e Frank Lampard; Salomon Kalou (Fernando Torres), Juan Mata e Ryan Bertrand (Florent Malouda); Didier Drogba. Técnico: Roberto Di Matteo.

Chelsea_1512175a

Liga Europa 2012/13

Campanha: Sparta Praga-TCH 0x1 e 1×1; Steaua Bucareste-ROM 1×0 e 1×3; Rubin Kazan-RUS 1×3 e 3×2; Basel-SUI 1×2 e 1×3
Final: Chelsea 2×1 Benfica [Gols: Fernando Torres e Ivanovic | Óscar Cardozo] Time na final: Petr Cech, César Azpilicueta, Branislav Ivanovic, Gary Cahill e Ashley Cole; David Luiz e Frank Lampard; Ramires, Juan Mata e Oscar; Fernando Torres. Técnico: Rafa Benítez.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo