InglaterraPremier League

No segundo tempo, o Crystal Palace aproveitou a chance. Azar do Stoke

Havia uma possibilidade para o Stoke City evitar o rebaixamento, nesta antepenúltima rodada do Campeonato Inglês: vencer o Crystal Palace, em casa. No começo, os Potters até controlaram o jogo, saíram na frente e pareciam perto de se segurarem rumo à última rodada. Só que os visitantes de Londres se valeram de mais eficiência na etapa complementar, fizeram 2 a 1, garantiram matematicamente a permanência na Premier League com 41 pontos – e condenaram o Stoke. Como Swansea e Southampton ainda se enfrentam na próxima rodada, não há mais como o time alvirrubro evitar a queda, após dez anos de elite

A bem da verdade, desde o começo do jogo no Brittania Stadium a situação foi bem equilibrada. Ora o Crystal Palace ameaçava, com rapidez – como aos 15 minutos, num chute cruzado de Wilfred Zaha, para fora -, ora o Stoke dava razões para animação à sua torcida – como aos 22 minutos , num cabeceio de Mame Biram Diouf que saiu à direita do gol, após cruzamento de Xherdan Shaqiri. Até que, aos 43 minutos, veio o gol que reanimou o time da casa, numa perfeita cobrança de falta de Shaqiri: no ângulo esquerdo, com precisão, sem que o goleiro Wayne Hennessey pudesse fazer nada além de olhar.

Todavia, mesmo em vantagem, o Stoke City seguiu bem vulnerável aos contra-ataques do Palace – até pela postura ofensiva com que a equipe jogou. Pagou o preço por ela, aos 23 minutos, com o 1 a 1 dos Eagles visitantes: Zaha deixou a bola para Ruben Loftus-Cheek, e o meio-campista passou a James McArthur, que finalizou cruzado, no contrapé do goleiro Jack Butland, empatando o jogo.

Como se não bastasse, aos 41 minutos, uma triangulação num contra-ataque resolveu a situação do Palace. Christian Benteke ajeitou a bola no meio-campo para Zaha, e o marfinense emendou rapidamente a jogada para Patrick van Aanholt. Sozinho, o lateral holandês ajeitou, tocou na saída de Butland e virou o jogo, ampliando o número de caras desalentadas nas arquibancadas do Brittania Stadium.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo