InglaterraPremier League

No passeio do Fulham sobre o Palace, só valeu marcar golaço

O Fulham está longe de ser o time da Premier League a chamar mais atenção por seu futebol. Os Cottagers não fazem nada além do ‘feijão com arroz’ sob o comando de Martin Jol e a própria posição na tabela, no 14º lugar, ajuda ratificar essa impressão. Porém, os londrinos trataram de jogar bonito contra o Crystal Palace no fechamento da oitava rodada. Massacre por 4 a 1 Selhurst Park, em que só valiam gols bonitos.

O início do jogo não parecia muito promissor para o Fulham, depois que Adrian Mariappa abriu o placar. Contudo, a virada veio com as pinturas de Patjim Kasami, de Steve Sidwell e até mesmo de Philippe Senderos, emendando um belo voleio. O único a não fazer golaço foi Dimitar Berbatov, que, convenhamos, nem precisa disso. E, de pior ataque da PL, que ainda não tinha marcado mais de um tento por jogo, os Cottagers quase dobraram seu total de gols no campeonato – de cinco para nove. Não poderia ser em melhor estilo.







Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo