Inglaterra

Manchester United prepara adeus para dupla estrelada na janela de transferências

Casemiro e Raphaël Varane, em decadência física, podem deixar o Manchester United na próxima janela de transferências

Casemiro e Raphaël Varane chegaram ao Manchester United com status de estrelas por conta de seus excelentes desempenhos tanto no Real Madrid quanto por suas seleções. Mas após alguns anos e custarem muito dinheiro aos Red Devils sem a conquista de títulos relevantes, a hora de ambos estarem dando tchau à cidade está chegando.

Segundo o site GiveMeSport, o brasileiro e o francês possuem grandes chances de deixar o Manchester United no fim desta temporada. E tanto Casemiro como Varane teriam como destino outro país: a Arábia Saudita. A publicação afirma que em conversa com o técnico Erik Ten Hag, que balança no cargo, o Sir Jim Ratcliffe, um dos novos sócios do clube, afirmou que a ideia de contratar estrelas que estão se encaminhando para os últimos anos de alto nível na carreira será deixada para trás.

Ratcliffe crê que é necessário o Manchester United trocar o seu modelo de contratar estrelas próximas dos 30 anos para uma forma que busca de manter jogadores por mais tempo no clube, e chegando ao ápice de suas carreiras por lá.

Lesões atrapalharam desempenho de ambos

Varane, que ainda tem 30 anos, chegou ao Manchester United em 2021. Mesmo que não necessariamente venha jogando mal, o francês, campeão de quatro edições da Champions League com o Real Madrid, sofre desde o início de sua estadia na Inglaterra com lesões, deixando um clima de decepção entre torcedores, diretores e a própria comissão técnica.

Casemiro está em uma situação semelhante. Contratado por 60 milhões de libras mais bônus no fim da janela de verão de 2022, o brasileiro teve um desempenho excepcional em sua primeira temporada, se tornando rapidamente um dos homens de confiança de Ten Hag. Porém, em 2023/2024, o volante de 32 anos também passou a sofrer com lesões, e só atuou em 56% dos jogos da equipe.

O zagueiro, que jogou em apenas metade das partidas do United nesta Premier League, tem contrato somente até junho de 2024, e deixará provavelmente o Manchester United como agente livre. Já Casemiro ainda pode render alguma compensação financeira aos cofres do clube inglês. Conhecido pela força física e pela técnica apurada, o brasileiro tem acordo vigente até o meio de 2026 com os Red Devils.

Caso de fato algum clube da Arábia Saudita ofereça dinheiro, é muito provável que a nova diretoria aceite se desfazer dele para ganhar espaço na folha salarial, e também busque uma reposição mais jovem e sem tantas lesões para os próximos anos.

Para contratar os dois do Real Madrid, o Manchester United gastou 115 mihões de libras, e atualmente gasta aproximadamente 700 mil libras semanais nos salários de Casemiro e Varane combinados. Não é a primeira vez desde a saída de Sir Alex Ferguson que o Manchester United tenta fazer uma troca de gestão em busca de títulos relevantes e um projeto de futebol. Mas desta vez, quem puxa o ideal é um acionista, e não um treinador ou um gerente de futebol. As expectativas estão altas para os próximos anos nos Red Devils.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo