Inglaterra

‘Turbilhão de emoções’: sensação do United fala de convocação para a Inglaterra

Gareth Southgate adicionou o jovem volante do Manchester United à lista de relacionados para os amistosos de março

Na última terça-feira (19), Gareth Southgate, técnico da Inglaterra, convocou o volante do Manchester United Kobbie Mainoo, de apenas 18 anos, para os amistosos contra Brasil e Bélgica neste mês de março. A revelação inglesa é um dos destaques dos Red Devils na atual temporada, mas ficou de fora da lista inicial. Em um primeiro momento, o treinador britânico justificou a ausência pelo fato do jovem ter feito “apenas alguns jogos” como profissional do United. No entanto, mais tarde, acabou dando o braço a torcer. Southgate subiu Mainoo da seleção sub-21 inglesa para principal e o garoto não poderia estar mais feliz.

Em entrevista à imprensa inglesa, Kobbie Mainoo admitiu ter ficado chocado por ser promovido do sub-21 para a Seleção Inglesa principal. O jovem volante acredita que terá uma chance de chegar à Alemanha, na Eurocopa, se mantiver sua boa forma e plena ascensão no Manchester United.

— Acho que esse é o objetivo final da temporada, entrar nesse time. É claro que, entretanto, tenho de me concentrar no futebol de clubes e espero que isso se resolva (…) Foram alguns dias muito loucos. O domingo obviamente foi um grande jogo e uma grande vitória (virada e classificação do United diante do Liverpool na Copa da Inglaterra). Depois, ser convocado para o sub-21, fiquei obviamente animado para vir. Então chegar aqui e perceber que estava no time principal foi incrível. Fiquei chocado e feliz e foi um turbilhão de emoções — disse Mainoo.

A trajetória de Kobbie Mainoo até chegar à seleção inglesa

Kobbie Mainoo nasceu em Stockport, cidade inglesa da Grande Manchester, e tem ascendência ganesa. Aos nove anos, ingressou nas categorias de base do Manchester United e subiu ao time principal na última temporada. Uma observação importante sobre o jovem volante é que ele sempre pulou etapas em sua carreira, atuando por equipes de maior idade em relação à sua própria — muito em virtude da qualidade técnica e noção tática acima da média que possui.

Mesmo jovem, Mainoo conquistou rapidamente a admiração do técnico Erik Ten Hag e da torcida do Manchester United. O garoto, que vem recebendo dicas de Bruno Fernandes e Casemiro, tem demonstrado uma evolução meteórica dentro das quatro linhas. Os principais nomes do meio-campo dos Red Devils certamente enxergam potencial no camisa 37 e, por isso, buscam orientá-lo no dia a dia. No total, Mainoo tem 23 jogos e dois gols marcados pelo time profissional do Manchester United.

O primeiro jogo de Mainoo pelos profissionais do Manchester United foi contra o Charlton, pela Copa da Liga Inglesa, na temporada passada. Já a estreia na Premier League ocorreu também em 2022/23, em duelo diante do Leicester. O progresso do jovem volante, entretanto, estagnou após uma lesão sofrida durante a pré-temporada 2023/24. Para alívio do garoto, a cura não demorou muito e ele voltou ainda mais forte.

— Achei que iria começar a correr no início da temporada, mas sofri uma lesão contra o Real Madrid. Foi necessária uma cirurgia. Mas isso não me segurou muito. Por volta de novembro comecei pela primeira vez e desde então tudo correu muito rápido.

Após Southgate mudar de opinião sobre a presença de Kobbie Mainoo na seleção principal, o garoto prodígio da Inglaterra fica à disposição do treinador para os dois amistosos na Data Fifa deste mês de março. O primeiro será neste sábado (23), às 16h (horário de Brasília), contra o Brasil, no lendário Estádio de Wembley, em Londres. Já o segundo está marcado para a próxima terça-feira (26), às 16h45 (horário de Brasília), contra a Bélgica, no mesmo palco.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo