Inglaterra

[It’s a Goal] O adeus a Martin Peters, meia campeão do mundo e à frente de seu tempo

Neste sábado, o futebol inglês se despediu de um discreto gigante. O meia Martin Peters, que fez história no West Ham, Tottenham e seleção inglesa, levantando títulos europeus em ambos os clubes e ainda a Copa do Mundo de 1966 com os Three Lions, faleceu em sua casa aos 76 anos. Personagem emblemático de uma era de transição tática no futebol, mas não tão badalado quanto alguns de seus contemporâneos, era um meia inteligente e moderno para sua época, capaz de exercer múltiplas funções, e que, por isso, teve importância capital na solidez daquela seleção inglesa campeã mundial.

“Peters está dez anos à frente de seu tempo”, afirmou certa vez Alf Ramsey, o lendário técnico do English Team entre 1962 e 1974. De fato, num tempo em que os jogadores ainda tinham funções bem definidas, a versatilidade do armador nascido em 8 de novembro de 1943 em Plaistow, na região leste da Grande Londres, era uma arma muito valiosa na montagem das equipes em que jogou, e que lhe valeria uma longa carreira na seleção.

Clique aqui para ler o texto completo no ‘It’s A Goal’, projeto do jornalista Emmanuel do Valle sobre a história do futebol inglês.

Além de colaborações periódicas, quinzenalmente o jornalista Emmanuel do Valle publica na Trivela a coluna ‘Azarões Eternos’, rememorando times fora dos holofotes que protagonizaram campanhas históricas. Para visualizar o arquivo, clique aqui.

Confira o trabalho de Emmanuel do Valle também no Flamengo Alternativo e no It’s A Goal.

Mostrar mais

Emmanuel do Valle

Além de colaborações periódicas, quinzenalmente o jornalista Emmanuel do Valle publica na Trivela a coluna ‘Azarões Eternos’, rememorando times fora dos holofotes que protagonizaram campanhas históricas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo