InglaterraPremier League

Gerrard doou sua coleção para o Liverpool fazer um museu sobre o seu eterno capitão

Gerrard está de malas prontas para os Estados Unidos, mas não levou a sua coleção pessoal de camisas, medalhas, bolhas e braçadeiras de capitão de partidas especiais. Imagina o quanto teria que pagar de excesso de bagagem, certo? Sem falar que ele provavelmente tem planos de voltar a morar em Liverpool, quando se aposentar. É muito apegado a cidade e identificado com ela. Por isso, doou suas relíquias para o clube montar uma sessão especial sobre ele no seu museu interativo em Anfield.

LEIA MAIS: A final de Champions que fez o mais cético dos torcedores acreditar em milagres

A coleção é vasta. Traz as camisas de grandes craques que Gerrard enfrentou, como Del Piero, Bergkamp e Guardiola, além de alguns companheiros ilustres. Tem um quadrinho especial sobre a final da Champions League de 2005, com a braçadeira de capitão, a bola do jogo, a camisa que ele usou na partida e a de Shevchenko que ele trocou.

Explicando os motivos que o levaram a doar a coleção, Gerrard disse apenas que ele “apenas pensou que os torcedores gostariam de ver tudo aquilo”. Simples. E muito verdadeiro.

[galeria_embeded]

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo