Inglaterra

Fizeram uma lista de golaços do mês na liga amadora inglesa e ficou demais

Todo mundo já ouviu alguma história que viu um jogador na várzea que tinha capacidade de ser profissional. Quem cresceu em bairros de periferia das grandes cidades no Brasil provavelmente já viu – se não jogou – os times amadores disputando os tradicionais torneios de domingo. Isso também acontece na Inglaterra e por lá chamam estes campeonatos de Sunday League, as ligas de domingo.

VEJA TAMBÉM: [Galeria] 16 craques transformados em pôsteres sensacionais

O dia da semana é usado como referência porque por lá o dia tradicional de a bola rolar é sábado, não domingo – tanto que a Copa do Mundo de 1966, jogada na Inglaterra, foi a única da história que a final foi em um sábado. Um apaixonado por futebol amador na Inglaterra, Matt Cook, resolveu fazer uma competição do gol mais bonito da Sunday League com nome de Grass Root Goals (ou gols de raiz, em uma tradução livre) e convocou o envio de vídeos com os gols. O trabalho você verá abaixo.

São vários golaços, o que leva alguns empolgados a bradarem que os jogadores dos níveis mais altos ganham demais e que os craques da Sunday League fariam um trabalho parecido por muito menos dinheiro. Bom, sabemos que não é bem assim, mas quem é que nunca marcou um golaço na pelada, nem que seja no futebol society, naquela segunda-feira à noite, e saiu comemorando como se tivesse sido na final da Copa do Mundo?

“Nós estamos encorajando os maestros da Sunday League a gravar seus gols maravilhosos e nos mandarem. Nós esperamos que o Grass Root Goals dê aos jogadores não-profissionais de todos os níveis o gosto do holofote ao mostrar suas habilidades para o mundo”, disse Matt Cook ao Projetct Babb, onde vimos essa pérola.

Se você quiser conhecer mais dese projeto, acesse o site do Grass Root Goals. A lista de golaços você assiste a seguir:

(Via Project Babb)

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo