InglaterraPremier League

Firmino deu sequência a sua boa fase na virada do Liverpool no último minuto

Quando a fase é boa, um jogador não precisa de uma grande atuação para deixar a sua marca. Nessas situações, a bola literalmente cai aos seus pés. O chutão do goleiro do Crystal Palace, Alex McCarthy, transformou-se em um passe para Roberto Firmino marcar o gol de empate do Liverpool no Selhurst Park e deu início à reação do time de Jürgen Klopp, que arrancou a virada no último minuto com pênalti em cima de Christian Benteke.

LEIA MAIS: 65 anos de Kenny Dalglish: sete histórias do grande camisa sete do Liverpool

Contra uma grande pedra no seu sapato, o Liverpool mais uma vez não fez uma grande partida e saiu atrás, no começo do segundo tempo, com um gol de Ledley. Milner foi expulso, aos 17, e qualquer reação parecia impossível. Até a bola cair nos pés de Firminio, que avançou e tocou no canto de McCarthy para empatar.

Foi o sétimo gol de Firmino em sete partidas da Premier League em 2016. Ele ainda tem quatro assistências. De acordo com o Liverpool, nenhum jogador participou diretamente de mais gols do que ele em 2016.  Após um primeiro semestre muito ruim vestido de vermelho, o brasileiro começa a justificar a sua contratação com boas atuações sob o comando de Klopp.

Depois do gol de empate, mesmo com um a menos, o Liverpool melhorou e começou a pressionar o Crystal Palace. As melhores chances saíram em um chute de longe de Moreno, que acertou o pé da trave, e em um escanteio que Benteke completou de primeira, mas nas mãos de McCarthy.

Quando o cronômetro chegava aos 49 minutos previstos pelo árbitro, Benteke apareceu pela direita da grande área e caiu depois que o joelho direito de Delaney tocou em seu pé esquerdo. Será que esse toque foi suficiente para uma queda tão teatral do belga? O próprio Benteke cobrou o pênalti e concretizou a virada polêmica do Liverpool.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo