Champions LeagueInglaterraPremier League

Ferguson nega crise na Premier League por eliminações na LC

Sir Alex Ferguson foi contra a corrente que prega a catástrofe diante da queda dos quatro clubes ingleses antes das quartas de final da Liga dos Campeões, o que não acontecia desde 1995/96. Segundo o comandante do Manchester United, este não é o fim do mundo para os representantes da Premier League, bem como não dá para tratar como fracasso todas as campanhas.

“Você não pode colocar todos os times ingleses no mesmo balaio. Nossa atuação contra o Real Madrid foi fora de série. Poderíamos estar nas quartas de final, mas infelizmente não aconteceu. Não acredito que os clubes estão no mesmo nível de deterioração”, analisou Ferguson.

O treinador também ressaltou a evolução dos clubes alemães: “É um pouco cíclico. Veja o nível do Borussia Dortmund, a melhora do Bayern. Além disso, Real e Barça têm ido bem há alguns anos. Temporadas antes, os times ingleses iam às semifinais e à final regularmente. No momento, o ciclo é de progressão dos alemães”.

Manchester United e Arsenal foram os clubes ingleses que chegaram mais longe nesta Liga dos Campeões, ambos eliminados nas oitavas de final. Já na fase de grupos, os eliminados foram Chelsea e Manchester City. As eliminações precoces podem acarretar a queda da Inglaterra no Ranking da Uefa, que determina o número de representantes nas competições continentais, embora o país não corra risco de perder vagas.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo