Champions LeagueEuropaInglaterra

Esforço em vão! Chelsea massacra, mas está eliminado

O Chelsea sonhou com a classificação. Apesar das chances remotas de avançar na Liga dos Campeões, os Blues partiram para cima do Nordsjaelland e trucidaram os dinamarqueses em Stamford Bridge. Graças a um segundo tempo fulminante, contra um rival frágil, os londrinos anotaram 6 a 1 no placar. No entanto, terão que se contentar com a Liga Europa. Pela primeira vez desde que a Liga dos Campeões passou a contar com fase de grupos, o campeão europeu vigente é eliminado na primeira etapa da competição.

Com a vitória da Juventus sobre o Shakhtar Donetsk, os ingleses igualam os dez pontos dos ucranianos no Grupo E, mas ficam apenas com o terceiro lugar. O Shakhtar leva vantagem nos gols fora de casa no confronto direto, com uma derrota por 3 a 2 em Stamford Bridge e uma vitória por 2 a 1 na Donbass Arena, carimbando a vaga nas oitavas.

Rafa Benítez optou mais uma vez por Victor Moses entre os titulares, deixando Oscar no banco. E o nigeriano teve grande participação no início massacrante dos Blues, que se impunham no campo de ataque em busca dos gols. A pressão só não foi efetiva por conta da noite inspirada do goleiro Jesper Hansen, que fez ao menos três defesas difíceis.

Acuado na defesa, o Nordsjaelland tentava explorar os contra-ataques. E teve sua grande chance aos 32 minutos, no primeiro dos três pênaltis marcados pela arbitragem por toque de mão. Stokholm foi para a cobrança e parou em Petr Cech. Três minutos depois, foi a vez de o pênalti ser assinalado na área dinamarquesa e Hansen rebater o chute de Eden Hazard.

Somente aos 38 minutos é que alguém botaria o pé na forma. Em nova penalidade para os Blues, David Luiz foi para a marca da cal e não desperdiçou. E o primeiro tempo ainda guardaria para os acréscimos o segundo gol dos Blues, com Fernando Torres quebrando jejum.

Na volta para a segunda etapa, o Nordsjaelland ameaçou uma reação ao diminuir a diferença logo no primeiro minuto, com Joshua John. Alarme falso. Cahill aproveitou a bola parada para fazer o terceiro. E, depois disso, o Chelsea abusou de sua velocidade para aumentar a goleada. Aproveitando os espaços dados pelos Tigres Selvagens, os londrinos fizeram mais três tentos em 15 minutos, com Torres, Mata e Oscar.

Formações iniciais

Destaque do jogo

A voracidade do Chelsea durante o segundo tempo. A trinca de meias voltou a ser letal, com Moses acompanhando Mata e Hazard em alto nível. Cada membro do trio deu ao menos uma assistência na partida e Mata, que deu dois passes para gol, ainda destoou ao deixar o seu.

Momento-chave

O pênalti perdido por Nicolai Stokholm. O Nordsjaelland teve a grande chance de abrir o placar aos 32 minutos do primeiro tempo, em penalidade mal marcada pela arbitragem – Gary Cahill estava fora da área quando a bola bateu em seu braço. No entanto, o capitão bateu mal e Petr Cech não perdoou, espalmando a cobrança.

Os gols

38’/1T – GOL DO CHELSEA! Mata chutou da entrada e a bola bateu no braço de Stokholm. O árbitro anotou a penalidade e, na cobrança, David Luiz não desperdiçou, mandando no alto.

46’/1T – GOL DO CHELSEA! Moses dá boa enfiada de bola e deixa Fernando Torres na cara do gol. O centroavante precisa tentar duas vezes, mas vence o goleiro Jesper Hansen.

1’/2T – GOL DO NORDSJAELLAND! Kasper Lorentzen fez o lançamento e Joshua John ganhou de Ivanovic na velocidade, tocando na saída de Petr Cech.

6’/2T – GOL DO CHELSEA! Juan Mata cobrou falta pelo lado direito do ataque e Gary Cahill subiu mais que a marcação, cabeceando no canto.

11’/2T – GOL DO CHELSEA! Em contra-ataque dos Blues, Hazard avança pela linha de fundo e cruza. Torres aparece livre na pequena área para escorar.

18’/2T – GOL DO CHELSEA! Mata tabela com Hazard e invade a área. Hansen defende a primeira tentativa do camisa 10, que não perdoa no rebote.

26’/2T – GOL DO CHELSEA! Mata encontra o meio da defesa livre e entrega para Oscar bater de primeira, sem tempo de reação para Jesper Hansen.

Curiosidade

Foi a maior goleada do Chelsea na história da Champions. Os recordes anteriores foram registrados contra Genk e Galatasaray, ambos vencidos por 5 a 0

Ficha técnica

CHELSEA X NORDSJAELLAND

Chelsea
Petr Cech, Branislav Ivanovic, Gary Cahill, David Luiz e Ashley Cole (Ryan Bertand, 16’/2T); Oriol Romeu e Ramires (Oscar, 20’/2T); Victor Moses, Juan Mata (Paulo Ferreira, 29’/2T) e Eden Hazard; Fernando Torres. Técnico: Rafa Benítez.
Nordsjaelland
Jesper Hansen, Mario Ticinovic (Kamal Issah, 20’/2T), Michael Parkhurst, Ivan Runje (Mikkel Beckmann, 9’/1T) e Patrick Mtiliga; Enoch Adu, Nicolai Stokholm e Anders Christiansen(Henrik Kildentoft, 16’/2T); Joshua John, Kasper Lorentzen e Mark Gudenlach. Técnico: Kasper Hjulmand.
Local: Stamford Bridge (Londres-ING)
Árbitro:  Bas Nijhuis (HOL)
Gols: David Luiz, 38’/1T; Fernando Torres, 46’/1T; Joshua John, 1’/2T; Fernando Torres, 11’/2T; Juan Mata, 18’/2T; Oscar, 26’/2T
Cartões amarelos: David Luiz (Chelsea); Anders Christiansen, Michael Parkhurst e Patrick Mtiliga (Nordsjaelland)
Cartões vermelhos: Nenhum

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo