InglaterraPremier League

Eficiência diabólica: Man Utd bate QPR com tranquilidade

Vencer o Manchester United no Campeonato Inglês tem sido cada vez mais difícil. Imagine então quando se trata de um dos piores times da temporada, o Queens Park Rangers. O resultado acabou sendo previsível: 2 a 0 para os líderes da Premier League, com direito a um golaço de Rafael no primeiro tempo e gol do eterno Ryan Giggs na etapa final.

Os Rangers estão em situação desesperadora na tabela. O time é o 20º colocado, com 17 pontos, e tem que tirar uma diferença de sete pontos para o Aston Villa, primeiro time fora da zona do rebaixamento. Restam 11 jogos e a esperança dos torcedores, mas está claro que o rebaixamento dificilmente será evitado.

Com o pouco de esperança que resta ao time, o QPR começou bem o jogo, com posse de bola e trabalhando no campo de ataque. Com o passar do tempo, se viu que parecia mais uma estratégia do United do que uma pressão dos donos da casa, já que o time da Alex Ferguson sabia que deixar o QPR com a responsabilidade de atacar não traria grandes riscos – o ataque do time é, de longe, o pior da liga. São apenas 19 gols em 26 jogos. E, assim, o time de fato criava muito pouco. O time só chegava em chutes pouco perigosos de fora da área. Foi só em um lance isolado que o time ameaçou, em um escanteio, quando Samba cabeceoou e Rafael tirou quase em cima da linha.

O gol do United saiu em um rebote de escanteio, que o lateral Rafael pegou de primeira em um chute de rara precisão. Na gaveta, sem chances para o goleiro Júlio César. Gol que deu ao time de Ferguson mais tranquilidade ainda no jogo, permitindo ao time tocar a bola e gastar o tempo.

O time de Ferguson então cozinhou o jogo em fogo brando. Deu campo e a bola ao QPR, que foi se cansando com o passar do segundo tempo. Criando pouco, o QPR só exigiu a participação de DDe Gea em um lance difícil uma vez, com a bola chutada por Rémy, que entrou no segundo tempo.

O Manchester United tratou de cravar a machadinha no peito do QPR aos 35 minutos do segundo tempo. Ryan Giggs, completando o seu 999º jogo na carreira, recebeu livre do lado esquerdo, dentro da área, e finalizou cruzado. Tranquilidade e categoria que endereçaram a bola ao fundo das redes: 2 a 0.

Com o resultado, o Manchester United segue tranquilamente na ponta da tabela do Inglês, com 68 pontos, colocando mais pressão no Manchester City, que tem 53 e precisa vencer o Chelsea no domingo para evitar que a distância volte aos 12 pontos do início da rodada. O QPR, por sua vez, já parece que tem passagem comprada para a segunda divisão, com 17 pontos e em último lugar na tabela.

Confira os resultados da 27ª rodada no Campeonato Inglês:

Sábado, 23/fev
Fulham 1×0 Stoke
Arsenal 2×1 Aston Villa
Norwich 2×1 Everton
Queens Park Rangers 0×2 Manchester United
Reading 0×3 Wigan
West Bromwich 2×1 Sunderland

Domingo, 24/fev
Manchester City x Chelsea
Newcastle x Southampton

Segunda, 25/fev
West Ham x Tottenham

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo