Inglaterra

Dirigente nega que Liverpool esteja à beira da falência

O diretor-executivo do Liverpool, Christian Purslow, garantiu nesta quarta-feira que o clube não está à beira da falência por contar, segundo ele, com uma receita que o torna “altamente rentável”, apesar de a maioria do valor ser destinada ao pagamento de dívidas.

“Temos dinheiro, somos arrecadação, temos facilidades dos bancos que durarão até além da próxima temporada e estamos sendo estritamente inspecionados pela Premier League”, afirmou Purslow.

Os proprietários do clube inglês com mais títulos internacionais, os americanos George Gillett e Tom Hicks, colocaram o Liverpool à venda em abril com uma dívida que agora chega a 277 milhões de euros.

Atualmente, Hicks tenta reestruturar seus empréstimos de modo que Gillett possa receber a porção que lhe corresponde na parceria.

No entanto, a direção já comunicou a Hicks que não lhe permitirá utilizar os ativos do Liverpool como segurança em nenhum acordo de refinanciamento.

Além de sua dívida, os dois americanos terão que pagar uma multa adicional ao Royal Bank of Scotland, principal credor do Liverpool, e seu prazo para a renegociação do empréstimo encerrará em meados de outubro. (EFE)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo