InglaterraPremier League

Capitão decisivo: Lampard comanda virada do Chelsea

Vencer o Everton no estádio Goodison Park é uma tarefa complicada para qualquer time em todas as temporadas, mas especialmente quando os Toffees fazem uma boa temporada como em 2012/13. O Chelsea conseguiu. Neste domingo, fez 2 a 1 com uma vitória comandada por Frank Lampard, que foi o capitão do time na ausência (já prolongada) de John Terry. Logo ele, que é tratado pela direção do clube como um jogador descartável – o time já disse que libera o jogador se ele receber uma proposta para deixar o clube ao final da temporada, sem renovar seu contrato que acaba em junho.

Logo no primeiro minuto de jogo, Pienaar abriu uma boa bola para Jagielka, improvisado na lateral direita, chegar à linha de fundo e cruzar na cabeça de Anichebe, que mandou na trave. No rebote, Pienaar aproveitou e mandou de primeira para o fundo da rede.

O bom início não foi apenas sorte. A pressão no campo de ataque era forte o Chelsea tinha dificuldade em sair jogando. Não por acaso, Lampard e Mata vieram buscar o jogo no campo de defesa algumas vezes, tentando fazer dar certo.

O Chelsea demorou a conseguir equilibrar o jogo. Foi só na parte final do primeiro tempo que o time começou a chegar mais ao ataque. Aos 41 minutos, em uma jogada pela direita, Ramires cruzou com o pé esquerdo para o meio onde estava o capitão Frank Lampard, que cabeceou para as redes, marcando seu 131º pelo Chelsea na Premier League.

Ao contrário do primeiro tempo, o segundo começou equilibrado. O Chelsea tentava ficar mais à frente e chegou a assustar a defesa adversária em alguns momentos. Só que foi o Everton que mandou duas vezes a bola na trave, dando a impressão que venceria o jogo. Ledo engano.

Aos 27 minutos, em uma jogada que começou com Mata abrindo na esquerda para Hazard, que ajeitou de cabeça na direção de Lampard, mas a zaga afastou. Mata pegou o rebote chutando de primeiro, o goleiro Tim Howard rebateu e o camisa 8 do Chelsea estava lá, como se fosse centroavante, para mandar para as redes e virar o jogo: 2 a 1.

O Everton, que estava invicto jogando em casa, perde pela primeira vez em seus domínios. O Chelsea alcança 38 pontos e fica a apenas quatro do Manchester City, vice-líder, e com um jogo a menos. Neste momento, está a 11 pontos do Manchester United, o líder, mas pode ficar a oito pontos se vencer o jogo que tem a menos. Situação que já parece colocar os Blues na disputa pelo título.

O Chelsea não mostrou intenção de renovar o contrato de Frank Lampard, um dos ícones do time, que fica sem contrato ao fim da temporada, em junho. Aos 34 anos, o jogador é um dos líderes do time – algo que já foi considerado prejudicial – e, bom, não está ficando mais novo. Só que Lampard decidiu neste domingo à sua coleção de boas atuações na temporada, após voltar de lesão, e já começa a fazer os torcedores pedirem pela sua permanência. E aí, Abramovich, vai renovar?

Confira os jogos da 20ª rodada da Premier League:

Sábado, 29/dez

Sunderland 1×2 Tottenham
Aston Villa 0×3 Wigan
Fulham 1×2 Swansea
Manchester United 2×0 West Bromwich
Norwich 3×4 Manchester City
Reading 1×0 West Ham
Stoke City 3×3 Southampton
Arsenal 7×3 Newcastle

Domingo, 30/dez

Everton 1×2 Chelsea
Queens Park Rangers x Liverpool

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo