InglaterraPremier League

Barton detona: “Tevez é um mercenário”

A briga na partida entre Queens Park Rangers e Manchester City, pela última rodada da Premier League 2011/12, ainda não foi digerida por Joey Barton. O meio-campista recebeu 12 jogos de suspensão por conta de sua expulsão, mas considera injusto o julgamento da Football Association. Hoje no Olympique de Marseille, o inglês criticou duramente o comportamento dos adversários na ocasião, principalmente Carlos Tevez.

“Tevez é um mercenário. Você realmente não pode apoiá-lo. É verdade que não sou boa pessoa, entro em confusões. Mas Tevez fez greve por seis meses, foi jogar golfe na Argentina, tentou ser demitido. Se isso não é um resumo do que está errado com os jogadores modernos, não sei o que é. E, não se esqueça, Tevez me deu um soco primeiro naquele jogo”, declarou, em entrevista ao The Times.

Na ocasião, Barton deu uma cotovelada em Tevez sem a bola, gerando grande confusão. Após receber cartão vermelho do árbitro, Barton ainda acertou um chute em Sergio Agüero e, na saída de campo, se estranhou com Mario Balotelli.

Barton também comparou sua punição com as de John Terry e Luis Suárez, acusados de racismo: “Acho que a FA pensou que eu recorreria e reduziria a sentença. Talvez não apelar foi uma pequena e perversa vitória. Eu os fiz ficar mal. Terry pegou quatro jogos, Suárez oito. Então sou pior que os dois? Onde está a orientação de acabar com o racismo no futebol?”.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo