Inglaterra

Bailly tentará recuperar carreira promissora prejudicada por lesões no Olympique de Marseille

O zagueiro do Manchester United foi emprestado ao vice-campeão francês, com opção de compra

Eric Bailly teve uma primeira temporada muito boa pelo Manchester United, mas o acúmulo de lesões deteriorou seu espaço dentro do elenco e agora ele tentará voltar a jogar com regularidade no Olympique de Marseille. Os dois clubes anunciaram nesta quarta-feira um acordo por empréstimo, com opção de compra.

Em seu site, o Olympique de Marseille diz que há uma opção de compra. O Manchester United fala em “possibilidade de uma transferência permanente”. De acordo com a agência PA e o The Athletic, a aquisição em definitivo será acionada se o OM se classificar à Champions League e Bailly fizer um número mínimo de jogos. O valor noticiado seria de € 10 milhões, de acordo com o L’Equipe. O clube francês cobrirá os salários do marfinense durante a próxima temporada.

Bailly é um talento precoce que foi a primeira contratação de José Mourinho em Old Trafford. Formado na base do Espanyol, ele chamou a atenção pelo Villarreal em 2015/16, chegando às semifinais da Liga Europa, e custou € 38 milhões. Jogou 39 vezes pelo Manchester United na temporada seguinte, novamente indo longe na competição europeia secundária, embora tenha perdido a final contra o Ajax por ter sido expulso na semi contra o Celta de Vigo.

O Manchester United achou que havia achado um excelente zagueiro jovem, capaz de misturar técnica, força e velocidade, mas as lesões prejudicaram demais os cinco anos seguintes de Bailly. Em 2017, o tornozelo o deixou afastado por dois a três meses. Antes de 2019/20, o problema foi uma operação no joelho. Entre essas duas sérias lesões, teve uma várias questões físicas menores e nunca conseguiu recuperar a forma ou ficar muito tempo afastado do departamento médico.

Depois de 39 jogos em sua primeira temporada, Bailly não conseguiu fazer mais do que 21. Na última, entrou em campo apenas sete vezes, mesmo sem uma lesão relevante. Enquanto se tratava, o United aumentava a concorrência na defesa. Victor Lindelöf chegou no ano seguinte, depois Harry Maguire, Raphael Varäne, e a chegada de Lisandro Martínez cortou de vez seu caminho para o time titular.

Bailly será mais uma opção para Igor Tudor no vice-campeão francês, que vendeu Luan Peres para o Fenerbahçe. Havia contratado Chancel Mbemba, ao fim do seu contrato com o Porto. O Olympique de Marseille também contratou Luis Suárez, do Granada, Jonathan Clauss, do Lens, Nuno Tavares, do Arsenal, e Alexis Sánchez, da Internazionale.

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo