Holanda

Van Nistelrooy deixa Holanda

Enquanto Marco van Basten for o técnico da seleção holandesa, Ruud van Nistelrooy não vestirá a camisa da equipe. O atacante do Real Madrid afirmou que não sente confiança suficiente na comissão técnica da Oranje.

Van Nistelrooy, convocado 54 vezes para defender a Holanda, entrou em atrito com Van Basten durante a última Copa. No jogo contra Portugal, pelas oitavas-de-final do torneio, o técnico deixou o jogador no banco, o que irritou o atacante. Depois do Mundial, o jogador nunca mais foi chamado para a seleção.

“É decepcionante. Sempre joguei com muito prazer pela Holanda e gostaria de continuar a fazer isso”, afirmou Van Nistelrooy. O atacante já havia criticado Van Basten, acusando-o de favorecer alguns jogadores em suas listas de convocados.

A notícia surpreendeu o técnico. “Tivemos uma boa conversa em Madri na última sexta-feira sobre a cooperação no ano passado. Resolvemos alguns problemas, e isso era a base para trabalharmos juntos de novo. Dissemos para Van Nistelrooy que a situação dele não era a mesma do que no ano passado. Em 2006, vimos outros candidatos para a posição de atacante. Não podemos lhe garantir um lugar entre os titulares, pois isso não seria bom para os outros concorrentes”, explicou Van Basten.

Van Nistelrooy comentou a respeito de sua decisão. “Não pedi especificamente um lugar na equipe, mas também não senti que seria um candidato a uma vaga. Por isso, não vejo condições de ter um bom desempenho. Ninguém tira proveito de uma frustração. Foi uma escolha difícil, mas correta”, concluiu.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo