Holanda

PSV arranca empate nos minutos finais após estar perdendo do Twente por 3 a 0

O Ajax venceu o Groningen por 3 a 1 e aproveitou o tropeço do PSV para abrir quatro pontos na liderança do Campeonato Holandês

O PSV ficou um pouco para trás do Ajax na briga pelo título holandês, neste sábado, mas poderia ter sido pior porque o Twente chegou a abrir 3 a 0, ainda no primeiro tempo, antes de levar o empate em casa por 3 a 3 aos 49 minutos da etapa final, com um gol de Olivier Boscagli.

A sequência de seis jogos de invencibilidade, com seis vitórias, do PSV parecia prestes a acabar quando o Twente marcou pela terceira vez ainda aos 25 minutos do primeiro tempo. Ricky van Wolfswinkel foi o autor dos dois primeiros gols, ambos criados com passes nas costas da defesa dos visitantes.

Aos 13 minutos, Dimitris Limnios saiu por ali e tocou na saída de Joël Drommel. Wolfswinkel completou às redes. Seis minutos depois, Dean Rots dominou no meio-campo e lançou rasteiro para Wolfswinkel carregar até a entrada da área para ampliar. Rots também deu assistência para Michel Vlap fazer o terceiro na segunda trave, após erro na saída de bola do PSV.

Joey Veerman, aproveitando a boa pressão dos visitantes no campo de ataque, conseguiu descontar antes do intervalo, com um chute colocado de fora da área. No começo da etapa final, Cody Gakpo dominou pela esquerda, abriu para a perna direita e soltou um lindo chute para diminuir ainda mais a desvantagem.

Apenas aos 49 minutos do segundo tempo, o PSV conseguiu arrancar o empate. O goleiro Lars Unnerstall espalmou uma bomba para cima e permitiu que Boscagli, na queda, chegasse à bola primeiro para desviar de cabeça e pelo menos evitar a derrota do time de Eindhoven.

Bom para o Ajax, que ganhou do Groningen, fora de casa, por 3 a 1, e abriu quatro pontos na liderança da Eredivise, a seis rodadas do fim.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo