Holanda

No meio do jogo pela Copa da Holanda, o atacante apagou um sinalizador com um copo de cerveja

A existência de um clube chamado ODIN, por si, já deveria ser digna de nota. E não pense você que a homenagem ocorrida na Holanda seria um mero paralelo nórdico ao Ajax ou ao Heracles Almelo. Na realidade, o ODIN não é uma ode ao deus supremo de Asgard, e sim uma sigla. Quer dizer ‘Ons Doel Is Nuttig’ ou, em bom português, “Nosso propósito é útil”. Bizarrices à parte, o ODIN disputa a quarta divisão do Campeonato Holandês e, nesta semana, ganhou certo destaque no país por desafiar o Heerenveen nas oitavas de final da Copa do Holanda. Acabou derrotado por 3 a 1, mas uma das cenas registradas em Heemskerk só aumenta a surrealidade deste post.

Lá pelas tantas do segundo tempo, quando o placar já estava definido, um jogador do ODIN saiu correndo à beira do campo. Pediu algo e apareceu com um copo de cerveja na mão, entregue por um funcionário do estádio. Mas o camisa 9 não iria exatamente encher a cara. Pegou o copinho e despejou sobre um sinalizador incandescente, arremessado em campo, que queimava sobre a grama sintética. Um herói, em cena que merece menção pela singularidade.

E se você se perguntou, sim, o sentido deste post é não ter sentido.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

?| Bij @hsvodin59 weten ze goed om te gaan met bier!

Uma publicação compartilhada por FOX Sports (@foxsportsnl) em

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo