Holanda

No ano do centenário, o projeto do PSV é a renovação

O PSV completará 100 anos em agosto, mas não tem grandes motivos para comemorar a data. Vice-campeões do Campeonato Holandês e da Copa da Holanda, os Boeren só não podem dizer que a temporada foi um fracasso total porque ao menos se garantiram nas preliminares da próxima Liga dos Campeões. A partir de agora, a intenção da diretoria é virar o calendário e aproveitar o centenário para iniciar um projeto de reconstrução da equipe.

A primeira etapa desta renovação foi anunciada apenas um dia após o término da Eredivisie. Dick Advocaat deixa o comando técnico do PSV e dá lugar a Phillip Cocu. Após duas passagens pelo clube como jogador, o holandês passou a trabalhar nos bastidores a partir de 2008. Foi treinador das categorias de base e assistente do time principal, até assumir de maneira interina em 2012. Conquistou a Copa da Holanda neste período, mas acabou abrindo mão do posto depois que Advocaat deixou a seleção russa.

“O acordo expressa a intenção de construir um novo PSV, com o envolvimento e a aparência que caracterizam do clube. Depois de focarmos no campeonato de 2013, impulsionados pelo retorno de Dick Advocaat, agora queremos implementar uma visão de longo-prazo. Daremos atenção extra e mais investimentos às categorias de base, enquanto o estabelecimento de um estilo de jogo em todos os níveis é um importante exemplo de nossas prioridades. A classificação à Liga dos Campeões é um estímulo, mas secundário”, declarou o clube, em nota.

Cocu também reiterou seu compromisso em reorganizar os Boeren: “Estamos todos ansiosos por começar. É um trabalho desafiante, com uma comissão fabulosa. Iremos construir um novo time, teremos mudanças no elenco. O PSV sempre disputará títulos, mas há tempo suficiente. Gosto de aprender passo a passo e não quero ir muito rápido. Estou pronto”.

Outro marco desta virada de página aconteceu no domingo, durante a derrota para o Twente. Foi a última partida de Mark van Bommel, que anunciou sua aposentadoria aos 36 anos. O primeiro passo para a renovação do elenco, que já conta com diversos jovens valores, sobretudo do meio para frente – entre eles, Kevin Strootman, Dries Mertens, Jeremain Lens e Georginio Wijnaldum.

Ao anunciar a efetivação de Cocu, o PSV deixa sua mensagem. O clube passa a ser dirigido por alguém com conhecimento profundo da realidade do clube e ideias renovadas. Quer ressaltar suas raízes e apostar em suas categorias de base para fazer frente ao Ajax, que se apoiou nas mesmas premissas para se tornar tricampeão nacional. Sem pressa, os Boeren pretendem recobrar as forças que possibilitaram a hegemonia na última década, quando faturaram a Eredivisie sete vezes se apoiando na observação do mercado e na contratação de promessas.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo