Holanda

É por lances como esse que o futebol de várzea não pode acabar nunca

Embora em algumas determinadas partidas o Brasileirão tente se aproximar do nível de amadorismo de um jogo entre times de bairro, não há nada como o futebol de várzea. Seja qual for a definição que receba. Ele não movimenta dinheiro algum se comparado a ligas nacionais e clubes profissionais; tampouco tem o mesmo apelo. Mas nos proporciona diversão, golaços inesperados e, é claro, e lances cômicos, como esse que veio da Holanda.

VEJA TAMBÉM: Suárez faz dois gols na vitória uruguaia sobre o Omã

Em uma partida entre duas equipes amadoras cujos nomes não importam, o atacante Maarten Hottinga foi tentar um passe sobre a própria cabeça, errou no cálculo e se derrubou com uma bolada no nariz. Muita gente que joga bola e não tem lá muita habilidade já deve ter feito o mesmo. Talvez, a única coisa pior que errar o passe foi a maneira patética como Hottinga caiu na sequência. O fechamento perfeito para um lance típico do futebol amador. Vida longa à várzea.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo