Holanda

Após uma série de entraves, Ihattaren terá um ótimo ambiente para recomeçar no Ajax

Ponta teve problemas disciplinares, de relacionamento e uma depressão, que fizeram vir à tona até a possibilidade de encerrar a carreira

Mohamed Ihattaren tem apenas 19 anos e uma vivência relativamente longa no futebol profissional. O ponta estourou muito cedo pelo PSV e faria duas boas temporadas com o clube na Eredivisie. Em agosto de 2021, acabou contratado pela Juventus por €1,9 milhão e foi repassado por empréstimo à Sampdoria. Porém, teve problemas de adaptação na Itália, rompeu com o empresário Mino Raiola e também lidou com uma depressão. Enquanto o atleta manteve-se incomunicável por um período, cogitou-se até mesmo um final precoce de sua carreira. Estava claro como a promessa precisava de um novo ambiente e, nesta janela de transferências, o holandês volta ao seu país. Terá condições ainda melhores emprestado ao Ajax.

Ihattaren era considerado uma das principais promessas do PSV. Fez sua formação praticamente inteira nas categorias de base do clube, a partir dos oito anos de idade, e também começou a frequentar as seleções menores. Habilidoso e criativo, faria sua estreia pelo time principal às vésperas de completar 17 anos. Virou um nome frequente na equipe a partir de 2019/20, até perder um pouco de espaço em 2020/21, após ter problemas disciplinares com o técnico Roger Schmidt. Achava que merecia mais chances. Agenciado por Mino Raiola, acabou ganhando um novo destino ao assinar com a Juventus.

Parecia muito cedo para Ihattaren pintar no time de cima da Juve e, por isso, o empréstimo para a Sampdoria soou como natural. Entretanto, a adaptação à Itália seria problemática. O jogador não conseguia entrar em forma física e também seria acusado de falta de profissionalismo. O garoto sequer chegou a estrear pela Serie A e, em outubro, voltou para a Holanda. Semanas depois, surgiriam rumores de que ele considerava uma aposentadoria precoce na carreira, relacionada a problemas familiares. O jovem vinha lidando com a depressão depois de perder o pai em 2019. Ficava claro como necessitava de novos ares, e o rompimento com Mino Raiola seria um passo nesse recomeço.

Ihattaren retorna à Holanda emprestado ao Ajax até o final da temporada, depois de ser cortejado pelo Utrecht – clube de sua cidade natal. Não deve ser titular dos Godenzonen, mas é um talento a mais num clube em ótimo momento e que sabe desenvolver seus jovens. O ponta pode ser útil enquanto Erik ten Hag concilia seu elenco entre a disputa apertada pela Eredivisie e os compromissos mais pesados na Champions League. O novato também poderá recuperar seu ritmo competitivo, às vésperas de completar 20 anos. Ao final do empréstimo de seis meses, os Godenzonen possuem uma opção de compra por €2 milhões.

Ihattaren é a segunda novidade do Ajax nesta janela de transferências. O clube também trouxe de volta Brian Brobbey, outro jovem promissor que não se adaptou em seu novo clube, pouco aproveitado pelo RB Leipzig e emprestado aos Ajacieden até o final da temporada. Enquanto isso, o clube lucrou €12 milhões com a venda de David Neres para o Shakhtar Donetsk.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo