Games

Empresários procuram diretor do Football Manager para melhorar atributos dos jogadores

O Football Manager se tornou tão importante para o mundo do futebol que uma situação curiosa acontece. Segundo o diretor do game, Miles Jacobson, em entrevista à CNN, empresários procuraram por ele para pedir uma melhora nos atributos dos seus jogadores no FM 2017. Ele, claro, negou os pedidos. A situação só comprova o quanto a franquia tem prestígio não só entre torcedores, mas também entre todos os envolvidos no mundo do futebol.

LEIA TAMBÉM: FM 2017 simulará a saída do Reino Unido da União Europeia. E tudo pode acontecer

Até mesmo jogadores de futebol procuraram os desenvolvedores do jogo para reclamar sobre os seus atributos no Football Manager. Algo, aliás, que nos acostumamos a ver também em outros games, como a série FIFA. Recentemente, o artilheiro do Borussia Dortmund, Pierre-Emerick Aubameyang, disse que finalmente o FIFA 17 o respeita. Tudo porque ele se considerava mais rápido do que os atributos do jogo mostravam. Football Manager, porém, vai além disso.

Já há alguns anos, desde ao menos 2014, clubes usam a base de dados do Football Manager para fazer análises de potenciais transferências e mesmo fazer análise de dados. Isso sem falar em técnicos que já disseram terem usado a base de dados do jogo para analisar potenciais contratações, como André Villas-Boas e Ole Gunnar Solskjaer.

“Uma coisa que eu não vou fazer é quando jogadores pedem para ter seus atributos serem melhorados, eu digo não”, contou Jacobson. O repórter da CNN, então, pergunta se empresários também pedem para atributos serem melhorados no FM. “Empresários pedem regularmente. Jogadores também. Eu tuitei quando toda a questão do Big Sam aconteceu que a única forma de não ser pego sendo subornado ou recebendo propina é dizendo não para eles, então… Houve propostas no passado e você apenas diz não”, contou o diretor do Football Manager.

Além da questão ética que evidentemente seria afetada ao aceitar dinheiro em troca de melhorar atributos dos jogadores, há um argumento mercadológico para a produtora não querer fazer isso: afetaria negativamente o jogo. Afinal, um dos maiores tesouros do Football Manager, se não o maior, é justamente a sua base de dados. Ao aceitar a propina, a base de dados passaria a ser afetada e o jogo tenderia a piorar com o tempo, perdendo justamente um dos motivos dele ser tão realista e interessante.

De qualquer forma, dá para entender por que o Football Manager tem tanto prestígio. Afinal, os jogadores se preocupam em como estarão representados ali. Pode significar para eles uma nova vida, uma nova carreira e uma transferência.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM:
– Football Manager 2017 não será vendido no Brasil por problemas de licenciamento
– [Vídeo] Prévia de Football Manager 2017 mostra melhora gráfica
– Documento histórico dos games: A carta em que a EA Sports rejeita o Football Manager

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo